Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Membro do PCC é preso em Matinhos

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Abiá Santos do Nascimento, de 40 anos, apontado como membro da facção criminosa PCC Primeiro Comando da Capital (PCC), foi preso, na noite de quarta-feira (28), em Matinhos.

A prisão foi feita por policias civis de São Paulo. Segundo a Polícia, Nascimento ra braço direito de Wagner Ferreira da Silva, o “Cabelo Duro”, que foi morto na capital paulista. Ferreira foi executado com tiros de fuzil em um ataque realizado em frente a um hotel na Zona Leste.

Para a polícia, Cabelo Duro era um importante integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), considerado chefe na Baixada Santista. O ataque estaria relacionado às mortes de Gegê do Mangue e Paca, no Ceará.

Abiá já havia sido condenado por tráfico de drogas, por integrar uma organização criminosa e por tentar matar um policial do Departamento Estadual de Investigações sobre Entorpecentes (Denarc). Contra ele, havia ordens de prisão, mas, há cinco anos, ele era considerado desaparecido, apesar de atuar na facção.

Segundo o delegado Bruno Lázaro, titular da Delegacia Sede de Peruíbe, no litoral paulista, foram necessários três meses para chegar à localização de Abiá. O Centro de Inteligência da Seccional de Polícia de Itanhaém colaborou nos trabalhos, que mobilizaram os investigadores até a cidade no Paraná.

Na captura, Abiá não ofereceu resistência. “Ele estava no interior de um estabelecimento comercial. Foi encontrado com um documento de identidade falso”, informou Lázaro. O então foragido foi levado para a delegacia local e, desde então, a polícia de São Paulo aguarda a transferência dele ao estado.

Com informações do G1 Santos e Região

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...