Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Preso suspeito de matar adolescente em Guaratuba

A Polícia Militar prendeu, na noite deste sábado (24), Adélcio Gonçalves Rosa, de 21 anos, suspeito de ter matado a adolescente Mariana Estival Bueno da Silva, de 14 anos.

Ele foi apontado como autor pela própria vítima. O crime aconteceu na noite de quinta-feira (22), no bairro Carvoeiro. Segundo informações, dois rapazes se aproximaram e deram entre 7 e 9 tiros na menina. Antes de morrer ela ainda contou aos policiais militares que Adélcio havia atirado nela.

Policiais militares e civis fizeram buscas por toda a cidade. Pouco antes das 21h, Adelcio foi encontrado por uma equipe da PM que fazia patrulha no bairro Cohapar.

Segundo a PM, ao ver a viatura ele tentou fugir. Foi perseguido e contido pelos policiais. De acordo com o relatório da prisão, algemado, o suspeito começou a gritar no meio da rua dizendo que os policiais iriam “plantar droga” e levá-lo para uma “quebrada” para agredi-lo. Na confusão, apareceu seu pai, que foi informado pelos policiais de que o filho seria conduzido à Delegacia para averiguação e que ele poderia se dirigir até lá.

“Durante o deslocamento até a delegacia, foi perguntado a Ádelcio sobre o motivo que teria atirado em Mariana (…) e ele respondeu que ela havia lhe roubado”, informam os policiais. Ao chegar à delegacia, “disse que a equipe estava perdendo tempo e que amanhã já estaria na rua”, conclui o relatório. De acordo com a Polícia Civil, Adélcio afirmou que deu 6 tiros em Mariana. Ele não apontou o envolvimento de nenhuma outra pessoa no crime.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!