Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

A prefeita reeleita de Guaratuba, Evani Justus (PSD), cancelou a tradicional carreata da vitória, que acontecia no sábado seguinte à eleição, e deu um recado claro para acabar com as especulações sobre mudanças na administração. “A vitória já está comemorada. Agora nós temos que continuar trabalhando”, disse na quarta-feira (10), em entrevista coletiva à imprensa em seu gabinete.

Na terça-feira (9), Evani concedeu entrevistas às rádios Litorânea AM e Alternativa FM. Ela dedicou sua vitória ao filho Rafael e à nora Michele, que morreram vítimas de câncer nos meses entre o período pré-eleitoral e a campanha. Rafael, morto no dia 31 de julho, deixou uma carta à mãe pedindo para ela continuar trabalhando como prefeita e também para buscar a reeleição.

Nas três entrevistas, Evani procurou ressaltar que, mesmo durante a campanha e diante do sofrimento pessoal, sempre esteve focada na administração do município. “Quero mostrar para a população guaratubana que valeu a pena uma reeleição: a continuidade do trabalho, dos apoios do governo estadual e do governo federal. Até àqueles que não me honraram com voto, não tem problema, continuarei trabalhando por todos, sem exceção”, disse.

bandeira1Evani elogiou a campanha republicana de oposição feita pelo PPS e seus aliados (PDT, PV e PPL). Respondendo aos repórteres, Evani comentou os ataques que recebeu do candidato José Ananias e de alguns de seus aliados. O nome do candidato não foi citado nas perguntas nem nas respostas, mas não restou dúvida de quem estavam falando. “Aos que fizeram maldades peço que parem e veja que não vale a pena. Tentem ser pessoas melhores para si mesmos. Todos um dia vão ter de partir e no dia do acerto final com Deus vai pesar o que a gente fez nesta vida terrena”, respondeu. A respeito das calúnias, Evani disse que irá denunciar seus autores na Justiça. “Vão ter de provar tudo o que disseram. Quem não tem dignidade pode soltar palavras ao vento. Eu tenho um nome a zelar, por mim e por minha família”, avisou.

“Fiquem calmos”

Sobre mudanças na administração, a prefeita deixou claro que elas devem acontecer somente para a próxima gestão. “Fiquem calmos. Não adianta o pessoal sair nomeando. Eu tenho compromissos com meu grupo político e com os partidos que me apoiam. Também tem muita gente que foi parceira nesta campanha. Lá pelo final de novembro, nós vamos sentar e decidir como foi na campanha e como foram feitos os nossos projetos: em grupo. É assim que nós vamos planejar a nossa futura gestão”.

Nas entrevistas, Evani fez questão de destacar o papel do Partido dos Trabalhadores e de seu vice, o petista Vandir Esmaniotto. “O Vandir trabalhou incansavelmente e vai trabalhar junto comigo por Guaratuba”. Na quarta-feira de manhã, Esmaniotto também deu entrevistas às duas rádios locais. Ele agradeceu a confiança da prefeita, do PT e do deputado estadual Nelson Justus (DEM), principal articulador da aliança vitoriosa. Vandir fez questão de dizer que está a disposição da prefeita para a missão que ela determinar mas que almeja cargos.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...