Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Presa em Guaratuba suspeita de matar o patrão em Curitiba

Simone da Silva Ferreira, de 28 anos, suspeita de ter matado Antônio Delani, em Curitiba, foi presa em Guaratuba, nesta sexta-feira (30).

A suspeita era funcionária do empresário, de 72 anos. Ele foi morto no dia 23 de novembro em sua empresa, na rua Engenheiro Benedito Mário da Silva, no Jardim Mercúrio, na região do Cajuru. De acordo com a Polícia Civil, o idoso recebeu uma estocada nas costas e depois foi asfixiado. 
Um dos golpes atingiu o coração.

“No momento da abordagem a mulher estava dentro de um comércio. Ela foi encaminhada à delegacia onde alegou que a arma levada era de brinquedo”, afirmou o delegado responsável pelas investigações, Cássio Conceição. 

Ela será autuada pelo pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e, se condenada, poderá pegar até 30 anos de reclusão. Segundo a Polícia, antes do homicídio, Simone teria desviado R$ 40 mil da empresa.

A ação da Policia Civil contou com o apoio das polícias Civil e Militar de Garuva (SC)e Itapoá (SC), além dos policiais civis e militares de Guaratuba.

O crime foi filmado pelas câmeras de segurança da empresa. Assista.

A prisão da suspeita, em Guaratuba.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...