Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Policiamento ostensivo reduz crimes na Operação Verão

Ação da Polícia Militar em Guaratuba no dia 26 – foto: PM Divulgação

O balanço dos primeiros sete dias da Operação Verão mostra que houve redução de 19,23% nos roubos, 16,6% nos casos de furtos e de 26,3% dos casos de violência doméstica em comparação com o mesmo período da temporada passada.

O balanço foi divulgado no fim da manhã desta sexta-feira (28/12) no Sesc Caiobá, em Matinhos, durante coletiva de imprensa conduzida o coordenador estadual da Operação Verão Paraná 2018/2019 e Secretário Chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato..

A Polícia Civil registrou 366 Boletins de Ocorrência (BO), além de inquéritos instaurados e flagrantes lavrados, o número de procedimentos totalizou em 448 ocorrências, uma queda de 8% comparado com o mesmo período do ano passado. Durante as ações, 128 pessoas foram conduzidas pelas polícias para prestar esclarecimentos, sendo que 61 ficaram presas.

Em uma semana foram registradas 14 ocorrências de violência doméstica contra 19 no mesmo período da temporada anterior (-26,3%), outras 14 situações de tráfico de drogas, que no ano anterior foram nove (-55,5%), além de 55 casos de furtos, diferente do ano passado quando foram 66 (-16,6%) e 21 de roubos neste período contra 26 no período do ano anterior (-19,2%).

A atuação preventiva da Polícia Militar, por meio do policiamento ostensivo na orla e nas demais regiões dos municípios litorâneos, contribuiu para a queda dos índices de crimes.

Os policiais militares abordaram 2.221 pessoas (no mesmo período do ano anterior foram 1.175) e lavraram 250 Termos Circunstanciados de Infração Penal (TCIP) contra 207 do ano passado. As abordagens preventivas feitas pelos policiais militares resultaram em 14 prisões de pessoas que possuíam mandados de prisão em aberto. No mesmo período do ano anterior foram quatro.

“Nós fizemos algumas operações há cerca de quatro meses antes da temporada, de cumprimento de mandados, não só em Paranaguá, mas em todas as cidades do Litoral, que prenderam cerca de 25 pessoas e apreenderam 30 a 45 quilos de drogas, além de armas”, descreveu o comandante do 9 Batalhão de Polícia Militar, responsável pelo comando operacional da Operação Verão, tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres.

Em Guaratuba, o delegado Lenadro Stabile e o comandante da Companhia da PM, Luciano Romão, adotaram a estratégia de realizar micro-operações, com resultado bastante eficiente – Leia: Segurança melhora e aumenta urgência da nova Delegacia em Guaratuba

Crianças – Nos pontos de policiamento fixo ao longo da orla foram distribuídas as pulseirinhas de identificação para crianças e pessoas idosas. Os policiais militares entregaram 2.455 pulseiras desde a sexta-feira passada até agora. Já o Corpo de Bombeiros distribuiu 2.171 pulseirinhas no mesmo período.

Praia – Nos primeiros sete dias de Operação Verão, o Corpo de Bombeiros fez 3.516 advertências, 7.562 orientações, 66 resgates, atendeu 93 incidentes com água-viva e localizou 53 crianças perdidas.

“As orientações e as advertências aumentaram, e isso significa que o guarda-vidas está trabalhando, justamente, com a prevenção, pois a orientação significa que a pessoa está indo para um local de risco e o guarda-vidas está atuando para retirar esta pessoa daquele local. Se ele não atuasse, seria, provavelmente, um salvamento ou até mesmo um óbito”, explicou o comandante do 8º Grupamento de Bombeiros e coordenador operacional do Verão Paraná 2018/2019 do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Gerson Gross.

Desde o início do Verão até agora, houve cinco mortes por afogamento. O último ocorreu no fim da manhã desta sexta-feira (28), em Guaratuba, quando uma criança de dois anos caiu numa piscina. As outras quatro mortes foram em Matinhos, Guaraqueçaba e Pontal do Paraná.

Saúde – Nos hospitais e unidades de atendimentos do Samu dos municípios litorâneos foram atendidas 202 ocorrências, sendo 88 em Paranaguá; 42 em Matinhos; 32 em Pontal do Paraná; 22 em Guaratuba; 11 em Antonina; seis em Morretes e um em Guaraqueçaba. “Tivemos ainda mais de 3 mil pessoas nas barracas da Saúde, superando a expectativa do ano passado. Além dos testes rápidos foram feitas orientações sobre picadas de animais peçonhentos e águas-vivas”, disse a diretora da 1ª Regional de Saúde, Marieli Zanicoski.

A Operação Verão Paraná 2018/2019 foi iniciada no dia 21/12/2018 e segue até 10/03/2019 com diversos serviços e atividades voltadas ao veranista e ao morador do litoral.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...