Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Homicídios: redução em Guaratuba e aumento em Paranaguá

O número de homicídios registrados no Litoral do Paraná em 2018 foi praticamente o mesmo que em 2017: aumentou de 106 para 110, uma variação de 3,8%.

Mas em algumas cidades a alteração foi bem significativa. Enquanto em Guaratuba diminuiu 30%, em Paranaguá houve um aumento de 47%.

Os números constam do Relatório Estatístico Criminal divulgado na terça-feira (26) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária.

Em proporção ao número de habitantes*, Guaratuba perdeu a posição de cidade onde mais se mata no Litoral para a vizinha Matinhos. Em 2017, Guaratuba teve 65 homicídios para cada 100 mil habitantes, índice usado mundialmente. No ano passado, diminuiu para 46/100 mil hab. Em compensação, Matinhos também teve uma ligeira melhora, mas ficou na frente: passou de 64/100 mil para 53/100 mil.

A mais violenta em números absolutos e também a mais populosa, Paranaguá, passou de um índice de 28 homicídios/100 mil para 42/100 mil.

O quarto município considerado violento pelos indicadores internacionais, Pontal do Paraná passou de um índice de 45/100 mil para 30.

A Organização Mundial de Saúde considera como situação epidêmica quando o índice de homicídios ultrapassa 10 por 100 mil habitantes.

Em números absolutos, Paranaguá passou de 44 homicídios em 2017 para 65 em 2018. Matinhos foi de 22 para 18, Guaratuba de 24 para 17 e Pontal do Paraná, de 12 para 8.

As demais cidades são bem pouco violentas: Antonina (3 e 1), Morretes (1 e zero) e Guaraqueçaba (zero e 1)

Confira as estatísticas completas do Litoral e do Estado do Paraná.

2017

2018

*Usamos como base de cálculo as estimativas de população do IBGE de 2018

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...