Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Cislipa divulga nota sobre pagamento do médico da Operação Verão

O texto foi publicado, terça-feira (5) no site da Prefeitura de Paranaguá. O presidente do Cislipa é o prefeito Marcelo Roque. Na noite de quarta-feira (6), o site retirou o texto.

Na segunda-feira (4), o médico plantonista da Operação Verão Rogério Augusto Perillo foi detido e levado por policiais militares à Delegacia da Polícia Civil depois de provocar um tumulto no Hospital Municipal de Guaratuba, onde funciona o Pronto Socorro. Ele cobra pagamento de honorários que devem ser feitos por uma empresa que foi contratada pelo Cislipa.

A contratação e pagamentos de plantões médicos para a Operação Verão são feito diretamente pelo Cislipa. A Exalife foi contratada pelo Cislipa para realizar plantões médicos na Operação Verão em Guaratuba e em Paranaguá (Ilha do Mel).

Os recursos para esses plantões vêm do Governo do Estado do Paraná e vão para o Consórcio. As prefeituras dos sete municípios do Litoral não têm ingerência na contratação e no pagamento dos profissionais e empresas contratadas.

Nota oficial: médico que negou atendimento em Guaratuba será substituído

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná (Cislipa) esclarece que a empresa “Exalife Serviços Médicos” foi contratada para administrar os plantões médicos junto ao Hospital Municipal de Guaratuba, durante a Operação Verão 2018/2019.

Os repasses dos plantões realizados ocorrem assim que há o protocolo da nota fiscal com a documentação que comprove que os plantões foram feitos.

Na tarde desta segunda-feira, 04, o médico Dr. Rogério Augusto Perillo foi levado à Delegacia da Polícia Civil por negar prestar atendimento médico aos pacientes do Hospital Municipal de Guaratuba, o profissional justificou sua atitude por não ter recebido o seu pagamento. O contrato da empresa junto ao Cislipa é bem claro com relação aos repasses.

O trâmite de liquidação de nota fiscal exige que a empresa faça o protocolo da nota fiscal e apresente os documentos comprobatórios da realização dos plantões. A empresa protocolou a nota fiscal referente a janeiro de 2019 na data de 1º de março, sexta-feira, véspera de feriado. A cláusula quinta do contrato determina que o Cislipa tem até vinte dias para pagamento, após a apresentação da nota fiscal e dos documentos. Atualmente o consórcio tem feito o repasse em até 3 dias uteis após o protocolo, desde que os documentos estejam em conformidade.

No caso acima, o pagamento será realizado nesta semana, em virtude do feriado de carnaval e do expediente bancário. Atualmente são cinco empresas prestando serviços na Operação Verão 2018/2019 e nenhuma delas teve problemas no recebimento dos repasses.

O Cislipa efetua a gestão de política nacional do SAMU 192 em todo o Litoral do Paraná e informa que todos os repasses dos plantões feitos na Operação Verão estão em dia. O Consórcio Intermunicipal de Saúde já solicitou a reposição do profissional para atendimento no Hospital Municipal de Guaratuba, assim como todas as medidas legais cabíveis.

Marcelo Roque homologou licitação vencida pela empresa Exalife para plantões médicos em Guaratuba e na Ilha do Mel (Paranaguá)

Fonte: http://www.paranagua.pr.gov.br/noticias/noticia12338.html

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...