Comunidade conclui curso de turismo na baía de Guaratuba

0
O curso teve caráter itinerante e as aulas aconteceram em diferentes locais e em ambientes. Foto: Divulgação

Moradores de Caieiras, Cabaraquara e Prainha e localidades rurais receberam, na semana passada, os certificados do curso Anfitriões da Baía de Guaratuba, da UFPR Litoral.

O encontro, diferente de uma cerimônia formal, relembrou a trajetória percorrida pelo grupo nos meses de julho a novembro de 2016. Foram 21 participantes abrangidos pelo projeto de extensão Fortalecimento do Empreendedorismo, da Inovação e Gestão Familiar do Turismo de Guaratuba, com apoio do Projeto Mais Cultura – Mutirão UFPR (MINC/MEC).

O curso teve caráter itinerante e as aulas aconteceram em diferentes locais e em ambientes como o salão paroquial de Caieiras, a Escola Municipal Iraci Miranda Kruger, na Prainha, e até mesmo nas residências e estabelecimentos comerciais dos cursistas.

A professora Beatriz Cabral, coordenadora do projeto e do curso, explica que a proposta foi formar pessoas das comunidades do entorno da Baía de Guaratuba em questões relacionadas à hospitalidade e à condução de visitantes, tendo em vista a construção de um modelo de turismo que valorize as belezas e cultura da região, gerando renda para famílias locais.

Os alunos, de comunidades do entorno da Baía de Guaratuba, receberam formação voltada para hospitalidade e condução de visitantes. Foto: Aline Gonçalves

Inovação – Segundo Beatriz, no início do curso algumas pessoas que diziam não acreditar em alternativas de turismo para a região, que fossem diferentes ao turismo de sol e praia. “Ao final do curso, eles propuseram atividades de lazer extremamente inovadoras, tal como a retirada de marisco; a visita ao moinho antigo; a realização de trilhas, entre outros. É o início de um processo construção de um novo modelo de turismo para região”, avaliou a professora.

Marilda Bach Silva, moradora da Prainha, elogiou o curso ao receber seu certificado. “Tenho muitos certificados, mas este é especial, porque foi o melhor curso que já fiz”, falou emocionada.

Grupo Guarapés vai oferecer passeios

Entre os professores e ministrantes dos módulos do curso estiveram docentes e egressos da UFPR, representantes do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e Instituto Ambiental do Paraná (IAP), do Corpo de Bombeiros, entre outros. Após o término do curso, os participantes criaram o Grupo Guarapés para ofertar passeios e serviços turísticos. “Essas pessoas passaram a indicar para os visitantes, atrativos turísticos que até então desconheciam”, explica Beatriz.

Site em construção – Com a inserção do projeto de extensão e o curso Programa Mutirão da UFPR, que recebeu recursos do Programa Mais Cultura (MEC/MinC), foi possível fazer com que curso tivesse o caráter itinerante, ainda promover o registro de alguns roteiros em vídeos e criar um site para que o Grupo promova seus serviços. Esses produtos ainda estão em fase de finalização e devem ser lançados em breve.

Com informações da UFPR / Aline de Oliveira Gonçalves

 

Comente esta notícia