Governo comemora redução do crime, #SQN no Litoral

    Nesta quinta-feira (10), o Governo do Paraná comemorou e se parabenizou pela redução nos principais indicadores de crimes no Estado no primeiro semestre deste ano. Só que não no Litoral.

    Se “os números mostram o resultado efetivo do investimento material e pessoal do governo Beto Richa no setor”, conforme afirma o governo, no Litoral, o resultado mostra que não houve este investimento. Quem mora aqui, sabe disso.

    Com base nos dados divulgados agora pela Segurança Pública e Administração Penitenciária, “o freio na violência atingiu tanto os crimes patrimoniais – foco da Segurança Pública do Estado após o avanço registrado em todo o país – como os crimes contra a pessoa, mantendo o histórico recente de declínio”.

    “A queda mais expressiva foi verificada nos roubos cometidos contra comércios em todo o Estado: -20,35%. Da mesma forma, reduziu o índice de roubos registrados especificamente em residências: -1,2%.”

    No Litoral, as melhoras significativas são na diminuição do roubo em comércio, nos furtos e roubos de veículos, nos furtos em ambientes públicos e nos crimes de ameaça.

    No entanto, dos 21 tipos de crimes pesquisados, dois terços tiveram aumento: 14 contra 7 que melhoraram.

    Os crimes contra a pessoa, que teve declínio no Estado e foi muito comemorado, aumentaram 2,36% na região litorânea.

    Algumas diferenças entre o Paraná e o Litoral neste 1º semestre 2017

    Crimes contra a pessoa
    Paraná: -2,62% – Litoral: +2,36%

    Furto
    Paraná: -1,24% – Litoral: +1,37%

    Roubo em residência
    Paraná: -1,20% – Litoral: +6,38%

    Furto em comércio
    Paraná: -6,24% – Litoral: +1,08%

    Recuperação de veículos
    Paraná: +5,39% – Litoral: -15,58%

    Fonre: Sesp – Pesquisa: Correio do Litoral

    Comente esta notícia

    comentários