Futuro com menos chuvas e mais calor no Litoral do Paraná

    Os municípios paranaenses ganham uma nova ferramenta para acompanhar as mudanças climáticas. Veja os dados da região litorânea que Correio do Litoral pesquisou na Fiocruz: Menos chuvas, mais calor e dias secos é o que o futuro nos reserva, segundo os especialistas.

    O Sistema de Vulnerabilidade Climática (SisVuClima) será apresentado a 24 gestores e técnicos estaduais durante uma capacitação, que ocorrerá nesta quarta (13) e quinta (14), no hotel Tulip Inn Curitiba Batel (Rua Benjamin Lins, 513 – Batel), em Curitiba

    O SisVuClima é É um software desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ligada ao Ministério da Saúde, e o Ministério do Meio Ambiente

    A ferramenta apresenta 67 tipos de informações sobre cada cidade do Paraná, incluindo dados sobre cenários climáticos para o período de 2041 a 2070.

    O Paraná e a mudança do clima

    Em relação à temperatura, ao se considerar um cenário pessimista, algumas regiões do estado poderão ser mais impactadas que outras. No noroeste, por exemplo, cidades como Jardim Olinda e Paranapoema poderão ter elevações de até 5,6°C. Esta mesma situação é observada no norte, a exemplo de cidades como Itaguajé, Porecatu e Alvorada do Sul, com incrementos de até 5,6°C. Em Maringá, Londrina e na capital Curitiba, o aumento seria de 5,4°C, 5,3°C e 3,8°C, respectivamente.

    O litoral tende a ser menos afetado: Matinhos e Pontal do Paraná com acréscimos de 2,1°C, em comparação ao período atual – no mapa divulgado em 2016, Matinhos apresentava uma variação de 2,2°C.

    Mudanças climáticas serão diferenciadas no Litoral do Paraná

    Resumo de reportagem publicada em 17 de outubro de 2016

    As mudanças climáticas no Litoral do Paraná deverão ser mais sentidas no aumento de dias secos consecutivos.

    O volume anual de chuvas, no entanto, só deve ter redução significativa em quatro dos sete municípios da região. Em Guaratuba e Antonina a redução será pequena; Morretes terá um ligeiro aumento.

    Em relação à temperatura máxima, o aumento será entre 2,1 ºC (em Pontal do Paraná) e 3,1 ºC (Morretes e Antonina).

    Três cidades terão menos impactos nas chuvas, mas aumentos maiores na temperatura máxima: Morretes, Antonina e Guaratuba.

    Mais calor
    Morretes: + 3,1 ºC
    Antonina: + 3,1 ºC
    Guaratuba: + 2,6 ºC
    Guaraqueçaba: + 2,6 ºC
    Paranaguá: + 2,3 ºC
    Matinhos: + 2,2 ºC
    Pontal do Paraná: + 2,1 ºC

    Menos chuvas
    Pontal do Paraná: – 12,4%
    Matinhos: – 10,8%
    Guaraqueçaba: – 10,2%
    Paranaguá: – 10,1%
    Antonina: – 2,8%
    Guaratuba: – 1,5%
    Morretes: + 1,3%

    Aumento de dias secos
    Pontal do Paraná: 43,3%
    Matinhos: 40,7%
    Paranaguá: 35,5%
    Guaraqueçaba: 34,2%
    Guaratuba: 28,9%
    Antonina: 26,8%
    Morretes: 24,3%

    Na publicação original aparecem os mapas de todo o Paraná
    https://www.correiodolitoral.com/15453/mudancas-climaticas-serao-diferenciadas-no-litoral-do-parana

    Comente esta notícia

    comentários