Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Câmara de Guaratuba aprova isenção da taxa de embarque na Rodoviária

Os vereadores de Guaratuba aprovaram nesta segunda-feira (10), em primeira votação, a isenção da taxa de embarque na Rodoviária para os passageiros dos ônibus para Matinhos, Pontal do Paraná e Paranaguá e Joinville.

O projeto de lei complementar é de autoria do prefeito Roberto Justus e isenta da taxa as linhas de ônibus com destinos de até 100 quilômetros, na prática, as linhas para o Litoral do Paraná. Para as linhas com mais de 100 quilômetros, diminui a taxa de embarque dos atuais R$ 4,17 para R$ 2,50 – na prática, as linhas para Curitiba, São Francisco do Sul (SC) e da empresa Penha que vai a Santa Catarina e até a cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul.

O projeto deu entrada na Câmara no dia 14 de outubro, foi aprovado nas comissões e não foi votado antes porque não houve sessão no dia 28 de outubro, feriado do Dia do Servidor Público, e não houve votação no dia 5 porque 8 dos 13 vereadores estiveram em Curitiba para acompanhar a liberação de R$ 7 milhões dos deputados Nelson Justus e Paulo Roberto da Costa “Galo”. Desta vez foi aprovado por unanimidade e terá de ser votado mais uma vez antes de retornar para sanção do prefeito.

Mais enfermeiros – Na mesma sessão também foram aprovados outros projetos importantes para o Executivo. Em primeira votação, a ampliação do número de vagas para enfermeiros e técnicos de enfermagem, a licitação do serviço de “trenzinho” na temporada de verão e a cessão de uso um imóvel do Município para a Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Cubatão. Em segunda votação, a autorização da venda de ações da Sanepar para destinar os recursos para a Previdência Municipal

Contas do prefeito serão votadas – Também foi marcada nesta segunda-feira, a data da sessão de julgamento da prestação de contas do primeiro ano de mandato do prefeito Roberto Justus referente ao exercício de 2017. O decreto legislativo da Comissão de Finanças e Orçamento acompanha o parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que é pela aprovação das contas.

Também foi aprovado, por unanimidade e em votação única, uma moção de aplausos à família de Adenilson Guedes, morador de Fazenda Rio Grande que morreu depois de participar do salvamento de crianças que se afogavam na praia em Guaratuba. O fato aconteceu no dia 3 de novembro, no balneário de Coroados. A moção foi apresentada pelo vereador Sergio Braga.

Leia também
Comentários
Carregando...