Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Operação Verão terá 620 guarda-vidas militares e 50 civis

O 8.º Grupamento do Corpo de Bombeiros já tem os números do efetivo de guarda-vidas que vai atuar no Litoral neste verão. Serão 620 bombeiros militares e 50 guarda-vidas civis voluntários.

Eles começam a atuar só no início da Operação Verão do governo estadual, dia 20 de dezembro e paran no dia Serão 91 postos de guarda-vidas: 31 em Pontal do Paraná, 29 em Matinhos, 28 em Guaratuba, 2 na Ilha do Mel e um tático móvel de rios em Morretes.

Antes disso estão previstos a ativação de alguns postos em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, mas só nos finais de semana. Independente do calendário oficial, mas dependendo do tempo bom, as praias chegam a lotar em dias de calor e os casos de afogamento aumentam na mesma proporção da temperatura.

No último balanço desta pré-temporada, o 8º GB realizou 31 resgates na água apenas entre de 12 de outubro e 21 de novembro no Litoral do Paraná. Destes, 14 casos foram classificados como graves e seis pessoas morreram vítimas de afogamento: 4 em Guaratuba, 1 em Pontal do Paraná e 1 na Ilha do Mel (Paranaguá).

Levantamento feito pela Folha do Litoral no Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá aponta que de agosto até agora foram constatadas 17 mortes por afogamento, sendo a grande parte em outubro (6 ocorrências) e novembro (8).

Guarda-vidas civis – Atualmente, o 8º GB conclui a formação de 30 guarda-vidas civis em Matinhos e 8 na Ilha do Mel. Também está abrindo uma turma de 30 voluntários para atuar na praia de Caieiras, em Guaratuba, que terá uma formação de um dia de aula teórica e dois de aula prática.

Em entrevista à Folha do Litoral, o comandante do Grupamento, major Jonas Emmanuel Benghi, disse que sua “intenção é a partir do ano que vem que esse pessoal trabalhe no período posterior e anterior à Operação Verão”.

Leia também
Comentários
Carregando...