Moradora de Guaraqueçaba é primeira suspeita de roubo ao banco

    Foto: PM / Litoral em Páginas / redes sociais

    Thais Barbosa da Silva, de 25 anos, foi presa na tarde desta quarta-feira (10). Filha de comerciante e de família conhecida na cidade, ela é a primeira suspeita de participar da explosão de caixas eletrônicos do banco Itaú, em Guaraqueçaba.

    A prisão foi feita por policiais militares da Força Verde (BPAmb-FV), Rotam e Serviço Reservado do 9º Batalhão. Após o roubo, que acontece na madrugada do mesmo dia, os policiais começaram a vasculhar propriedades rurais da região.

    Por volta das 17h, duas pessoas fugiram a verem os policiais de aproximando de um sítio no distrito de Serra Negra, próximo ao rio Bananal. Em um galpão da propriedade foi encontrado um Ford EcoSport, onde havia duas munições. Dentro da casa, roupas pretas, toucas balaclavas e várias notas de dinheiro rasgadas.

    O caseiro do sítio foi encaminhado para a Delegacia como testemunha. Thaís Barbosa foi encontrada na mata próxima ao sítio e levada como suspeita.

    Comente esta notícia

    comentários