Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Edital da ponte de Guaratuba está previsto para 2020, diz jornal

Imagem ilustrativa de uma proposta de ponte pênsil sobre a baía de Guaratuba

O Governo do Paraná ainda não divulgou o estudo de viabilidade da ponte de Guaratuba, mas diz que pretende lançar o edital da construção ainda em 2020, informa a Gazeta do Povo.

“Estamos com o licenciamento ambiental e o projeto executivo. O governador determinou que avancemos nesse projeto. Neste ano, queremos lançar, talvez em formato de regime diferenciado de contratação, o edital para a construção”, disse o secretário da Infraestrutura e Logística de Ratinho Junior, Sandro Alex de Oliveira ao jornalista Carlos Coelho.

Conforme o Correio do Litoral vem destacando, o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da ponte sobre a baía de Guaratuba foi licitado em outubro de 2017 pelo ex-governador Beto Richa. Em maio de 2018, a então governadora Cida Borghetti homologou o resultado da licitação. A empresa Engemin Engenharia e Geologia foi a vencedora do processo promovido pelo DER e com um contrato de R$ 832,8 mil deveria entregar o trabalho em abril de 2019.

O edital do EVTEA pedia um estudo sobre uma ponte de aproximadamente 800 metros entre a Prainha e Caieiras, nas duas margens da baía de Guaratuba, bem como os acessos na PR 412 em Guaratuba e Matinhos com 2 quilômetros de extensão.

Ao mesmo tempo em que anuncia a construção da ponte, o governo “segura” a licitação da concessão do ferryboat, que deveria ter o edital lançado em outubro passado. Segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) informou ao Correio, “o termo de referência e o modelo da minuta de contrato já foram elaborados, aproveitando várias sugestões inovadoras que visam atualizar o modelo da concessão”.

“Atualmente os documentos estão sendo analisados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR)”, informou o DER. “Uma vez concluída estas análises serão tomadas as demais medidas necessárias para a continuidade do processo licitatório”.

“Miami brasileira”

A ponte é um dos projetos do governador Ratinho Junior para criar uma “Miami brasileira” no Litoral do Paraná, de acordo com reportagem, publicada na Gazeta nesta sexta-feira (24).

Na reportagem de Carlos Coelho, o secretário Sandro Alex cita outros projetos do governo para o Litoral. Aparentemente, a duplicação da avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, que liga Matinhos a Guaratuba, e a engorda da praia de Matinhos são os grandes projetos mais garantidos. A nova rodovia em Pontal do Paraná, que foi chamada de Faixa de Infraestrugura no governo anterior, a mais polêmica.

Outras obras – A reportagem lista outras obras. Parte delas serão viabilizadas pelo acordo de leniência da Justiça com a concessionária Ecovia que foi denunciada por corrupção. “As obras são a duplicação de 800 metros da PR-407, no perímetro Urbano de Pontal do Paraná; a construção de uma passarela no km 1 da Avenida Ayrton Senna, em Paranaguá; a construção de uma passarela no km 77 da BR-277, em São José dos Pinhais; uma alça de retorno no entroncamento da BR-277 com a PR-508, no acesso da Alexandra-Matinhos; e a iluminação de 5 quilômetros da BR-277 na chegada em Paranaguá”, informa a Gazeta.

A reportagem ainda cita a pavimentação da PR-405, que dá acesso a Guaraqueçaba, que já está na fase de estudos e que o governo promete licitar a obra em 2020. Por fim, o secretário diz que o governo estuda um projeto para readequação das vias dos municípios litorâneos em parceria com as prefeituras, mas não apresenta maiores detalhes.

Leia as reportagens completas: Correio do Litoral e Gazeta do Povo

Leia também
Comentários
Carregando...