Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

TRE confirma cassação do prefeito e do vice de Pontal do Paraná

Sessão do TRE desta quinta-feira

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) confirmou, nesta quinta-feira (30), a cassação do prefeito de Pontal do Paraná, Marcos Fioravante “Casquinha” e do vice-prefeito, Fabio de Oliveira (PP).

O TRE havia cassado os dois por irregularidades na arrecadação e nos gastos da campanha eleitoral de 2016, no último mês de outubro. Nesta quarta-feira (29) começou a julgar os embargos infringentes da defesa. A sessão terminou nesta quinta.

Por 4 votos a 3 foi rejeitado o recurso e mantida a cassação. Os dois ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral. Segundo reportagem da Gazeta do Povo, se a decisão for mantida, Pontal poderá ter duas eleições neste ano. Uma para encerrar o mandato que vai até o dia 31 de dezembro de 2020, e outra em 4 de outubro, para o mandato 2021-2024

De acordo com reportagem da Gazeta do Povo, o TRE deve comunicar o juiz eleitoral de Pontal do Paraná “para iniciar o processo de novas eleições no município, que devem ocorrer até o dia 5 de abril. “O prefeito cassado só deixará o cargo após a publicação do acórdão, que deve levar entre 5 e 10 dias”, informa o jornal.

Saiba mais: TRE cassa prefeito e vice-prefeito de Pontal do Paraná

 

Leia também
Comentários
Carregando...