Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Drones com reconhecimento facial e integração com câmeras em Guaratuba

Foto: Soldado Ismael Ponchio / PMPR

A Polícia Militar testou drones que fazem reconhecimento facial e outras novas tecnologias no Carnaval do Litoral deste ano.

Em Guaratuba, “a Polícia Militar aplicou tecnologia e interagiu com o município, utilizando câmeras de segurança de grande alcance. Tivemos apoio da equipe do BPMOA (Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas), além de reforço com equipes policiais de unidades especializadas, um grande esquema de segurança voltado ao bem-estar do folião e dos turistas”, destacou o comandante da Subárea de Guaratuba, capitão Moreira Só.

O prefeito de Guaratuba, Roberto Justus, enalteceu o empenho das equipes policiais no evento, devido à grande sensação de segurança que os foliões tiveram do início ao fim da festa. “Temos câmeras de monitoramento e drones capazes de fazer reconhecimento facial. Isso é uma demonstração de segurança que motiva as pessoas a trazerem toda a família para a avenida”, destacou.

Roberto Justus: “Segurança motiva as pessoas a trazerem toda a família para a avenida – Foto: Soldado Ismael Ponchio / PMPR

Guaratuba – Segundo cálculo da PM, “meio milhão de pessoas lotaram a Avenida 29 de Abril para curtir os trios elétricos que agitaram noite a dentro na Banda de Guaratuba 2020”, na segunda-feira (24). O policiamento foi incrementado com viaturas e equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) nas ações ostensivas e preventivas, e do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) na organização e bloqueios do trânsito. Durante o evento foi necessária a intervenção em alguns casos, mas sem encaminhamentos.

A tecnologia foi o diferencial, diz a PM. Em terra, as equipes da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) e da Rocam (Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas), da Radiopatrulha e da Academia Policial Militar do Guatupê fizeram o policiamento motorizado e a pé em todo o perímetro de concentração de pessoas. Câmeras de monitoramento da Prefeitura foram utilizadas pela PM para auxiliar no acompanhamento da movimentação da multidão, assim como as imagens captadas pelas câmeras da Plataforma de Observação Elevada (POE).

No ar, os drones do BPMOA fizeram imagens que permitiram o comando da operação ter uma visão abrangente do público e da posição das equipes e viaturas policiais. O equipamento repassou imagens em tempo real para a central de monitoramento do município, onde também a PM atuou em conjunto.

Os policiais do BPMOA utilizaram dois modelos de Aeronaves Remotamente Pilotadas da PMPR (RPAs): um Matrice 200, com capacidade para 2 câmeras intercambiáveis com sensor térmico e zoom de até 30 vezes, e o DJI Mavic Enterprise 2, que tem alto desempenho na questão de autonomia de voo e possui uma câmera de alta resolução (4k) com zoom digital de seis vezes. As aeronaves não tripuladas estão em teste e podem ser adquiridas pela PM no futuro.

Ao longo da noite houve quatro lavraturas de Termo Circunstanciado (perturbação de sossego desacato e uso de drogas) em Guaratuba. Longo do local de festa, os policiais militares da Subárea atenderam uma situação de tráfico de drogas no bairro Brejatuba. A equipe policial viu um homem em comportamento suspeito, e o rapaz percebendo que seria abordado, correu para um matagal próximo ao Morro do Cristo. A equipe foi em seu encalço e acabou se deparando com outro homem cortando pedaços de maconha para venda.

Ao todo, foram apreendidos 850 gramas da droga, além de 53 buchas de cocaína (18 gramas). Também havia com ele R$ 1,1 mil em dinheiro. Segundo o relato da equipe policial, o rapaz teria dito que vendia cada bucha de maconha de R$ 25,00 a R$ 50,00, e a cocaína valia R$ 20,00 cada bucha. Ele também já teria sido preso e cumpria pena por tráfico de drogas. Após as medidas de praxe ele acabou encaminhado à Polícia Civil.

Matinhos – Mesmo após dois dias de intensa folia (Matinbanda e Caiobanda), Matinhos ainda teve trio elétrico na orla de Caiobá e festas carnavalescas nos balneários da cidade. Cerca de 170 mil pessoas, nas contas da PM, foram para as ruas e puderam contar com a segurança preventiva proporcionada pela Polícia Militar. As equipes policiais distribuíram 400 pulseirinhas de identificação, fizeram 585 orientações aos foliões e distribuíram 25 panfletos.

Pontal do Paraná – A Polícia Militar acompanhou a folia de 18 mil pessoas e atendeu duas ocorrências durante a festa de Carnaval. A primeira foi uma abordagem a pessoa suspeita e a segunda foi um caso de perturbação de sossego. Nos balneários onde houve concentração de público, foram entregues pulseirinhas de identificação para crianças e feitas orientações aos veranistas.

Em Pontal do Sul, os policiais militares fizeram uma abordagem na Alameda Palmital, resultando na apreensão de 25 buchas de cocaína e no encaminhamento de um homem para a Delegacia de Polícia Civil de Ipanema. Com o rapaz havia ainda R$ 284,00 em dinheiro.

Paranaguá – Cerca de 10 mil foliões acompanharam o desfile das escolas de samba campeã do Carnaval 2020, a Escola de Samba União da Ilha, que conquistou o título pela 9ª vez ao levar para a avenida uma viagem pela cultura popular brasileira, que colorida com os adereços dos carros alegóricos e fantasias dos passistas. O policiamento preventivo da PM garantiu o brilho do evento e não houve transtornos e tumultos.

Morretes e Antonina – Durante abordagens em pontos distintos de Antonina, foram feitos sete encaminhamentos para lavratura de Termo Circunstanciado. Em uma das situações atendidas, um foragido da justiça que estava curtindo o Carnaval fantasiado foi preso pelos policiais militares, que receberam uma denúncia anônima e as características da fantasia do suspeito. Cerca de 10 mil pessoas acompanharam as folias de Carnaval na Avenida do Samba.

Em outra ocorrência, durante o patrulhamento a pé das equipes policiais, foi notado em meio à multidão que o comportamento suspeito de um homem e feita a abordagem. Ao ser conduzido para uma local mais isolado do público, o rapaz se desvencilhou da equipe e correu a pé, porém alguns momentos depois acabou encontrado e detido. Com ele, os policiais encontraram uma pistola de calibre 9mm com 10 munições. Ele foi preso e encaminhado à Polícia Civil. Em Morretes, a PM acompanhou cerca de 600 pessoas que curtiram o quarto dia de Carnaval, sem alterações registradas.

Corpo de Bombeiros – Na praia, a atuação dos guarda-vidas foi intensa no quarto dia de Carnaval. Somente nesta segunda-feira (24/02). Foram 1.132 advertências e 2.054 orientações aos banhistas. Em 18 situações os bombeiros precisaram auxiliar as pessoas que tinham dificuldade de sair da água. Também houve 147 atendimentos em acidentes com água-viva, e 12 casos de crianças encontradas perdidas na areia e devolvidas aos pais e/ou responsáveis.

Fonte: Marcia Santos / PMPR – todas as estimativas de público são da Polícia Militar

Leia também
Comentários
Carregando...