Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Menos roubos e mais prisões no Carnaval do Litoral

Balanço do Carnaval no Litoral mostra redução em furtos, roubos e brigas e maior o número de prisões por drogas e armas na comparação com o ano passado. As diligências da Polícia Civil e as ações ostensivas da Polícia Militar colaboraram ainda para o aumento de 14,02% de prisões (de 107 para 122).

O número de homicídios foi o mesmo nos dois anos durante o período, com dois registros deste tipo de crime. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Em comparação com o Carnaval de 2019, os roubos reduziram 42,86% (de 28 caiu para 16) e os furtos caíram 31,30% (de 115 para 79). Os crimes de lesão corporal e vias de fato também foram menores, com queda de 54,84% (de 31 caiu para 14) e de 57,14% (de 14 foi para 6), respectivamente.

As equipes da PM e da Polícia Civil também apreenderam sete armas de fogo neste Carnaval, três a mais que em 2019.

Corpo de Bombeiros – Os guarda-vidas e demais bombeiros militares que atuam no Litoral tiveram bastante trabalho. Foram 40 salvamentos aquáticos e, em 46 casos, os profissionais precisaram ajudar pessoas que tiveram dificuldades para sair da água. A prevenção foi intensificada para conscientizar os banhistas sobre os riscos do mar. A estratégia deu certo, pois não houve óbito por afogamento durante o feriado – foram 6.781 orientações e 3.221 advertências na orla no período.

Fonte: Sesp

Leia também
Comentários
Carregando...