Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Quiosques em Guaratuba têm lances de até 294%

A licitação da concessão dos quiosques da praia em Guaratuba atraiu diversos interessados, apesar do momento complicado na economia e no turismo em virtude do coronavírus. Os valores do lances vencedores do pregão presencial realizado nesta quinta-feira (16) mostraram a confiança nos investidores, avalia a administração.

A disputa aconteceu no Ginásio de Esportes José Richa como medida de prevenção sanitária. A equipe da Prefeitura que promoveu e deu apoio ao pregão, assim como os interessados, tiveram de manter distância entre eles e usaram máscaras de proteção.

Estavam sendo leiloados 10 quiosques que vão substituir os 18 espaços reunidos de 2 em 2 que foram licitados em 2009. O prazo da concessão é de 10 anos. Além de pagar o valor do lance dentro do prazo de 30 dias, os vencedores terão de construir os quiosques, em alguns casos utilizando parte da estrutura existente.

O valor mínimo do lance, de R$ 131.836,30, era apontado como alto nos comentários que circulavam na cidade. Ao final, verificou-se que não era. Os lances variaram entre 124% e 294%.

O menor lance vitorioso foi de R$ 167.000,00, do quiosque nº 9, um dos dois que terão de ser construído do zero e fica próximo ao Mercado de Peixe dos pescadores artesanais. O maior, de R$ 387.000,00 também tem de ser construído, mas fica no final da avenida 29 de Abril, um ponto nobre que não existia na licitação anterior.

Os outros pontos foram arrematados por valores entre R$ 253 mil e R$ 350 mil. Se não houver desistências, a aposta de investir na orla de Guaratuba terá sido de aproximadamente R$ 3 milhões (224% do valor mínimo), sem contar as construções e equipamentos que terão de ser instalados.

Leia também
Comentários
Carregando...