Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Governador assina ordem de serviço da duplicação da JK

Serão duas faixas de tráfego em cada sentido, separadas pelo canal existente, que ficará no meio das pistas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta terça-feira (4) a ordem de serviço para a duplicação da Avenida JK (PR-412), em Matinhos. O governo diz que a expectativa é que os trabalhos comecem “no início neste mês”.

A licitação da obra foi feita em 2018 e a ex-governadora Cida Borghetti chegou a assinar o contrato com a Construtora Triunfo no dia 22 de novembro daquele ano em uma solenidade na Prefeitura de Matinhos. Na ocasião, o governo anunciou que as obras começariam logo após a temporada de verão, ou seja, em março de 2019.

O custo da duplicação é de R$ 34,57 milhões. Uma fatia dos recursos, no valor de R$ 12 milhões, foi repassado pela Assembleia Legislativa, atendendo a um pedido do Governo do Estado. A transferência é uma antecipação de parte da verba que anualmente o Poder Legislativo devolve ao Executivo.

O restante será bancado com recursos do Governo do Estado. “Essa obra é a solução para um gargalo histórico do Paraná. Com a modernização e duplicação da Avenida JK damos o pontapé inicial para uma série de ações estruturais que vão mudar a cara do Litoral paranaense”, ressaltou Ratinho Junior.

O governador citou, entre outras ações em andamento, a construção da ponte de Guaratuba, a duplicação da PR-407, a regularização fundiária da Ilha do Mel e a engorda da praia de Matinhos.

Projeto – A obra consiste na duplicação em um trecho de 2,4 quilômetros de extensão, entre as ruas Alvorada (que dá acesso ao ferryboat) e Pastor Elias Abraão (prédio da prefeitura). Além da restauração e implantação de pista dupla na avenida JK, o edital prevê a readequação do canal de macrodrenagem do rio da Draga.

O projeto estabelece duas faixas de tráfego em cada sentido, com 3,6 metros de largura cada, totalizando 7,2 metros por pista, separadas por um canal projetado entre barreiras de concreto.

Na interseção com a avenida Paraná será implantada uma rotatória com semáforo. “A JK é simbólica. Vamos começar imediatamente com a assinatura da ordem de serviço. Estamos resgatando um desejo antigo de toda a população do Litoral”, disse o secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

Além da duplicação, toda a drenagem da PR-412 será adequada para evitar alagamentos, por meio da implantação de dispositivos que maximizam a capacidade hidráulica do sistema como forma de evitar alagamentos. O canal, hoje a céu aberto, será totalmente revestido em concreto e reposicionado em alguns trechos.

Comércio – Para atender o comércio da região foi prevista uma faixa de estacionamento com dois metros de largura. Em função do alto fluxo de ciclistas e pedestres será implantada uma ciclovia compartilhada. “Todos os paranaenses que têm sua segunda residência em alguma praia do Litoral também serão beneficiados. Trará mais agilidade e segurança para quem usa essa avenida”, afirmou o prefeito de Matinhos, Ruy Hauer.

Também estão programadas melhorias na rede de iluminação e sinalização, além de sinalização semafórica integrada. Toda a drenagem da rodovia será adequada para evitar alagamentos. “Vão, enfim, acabar os alagamentos no nosso município”, reforçou Hauer.

A previsão é de que as obras sejam concluídas no prazo de 18 meses. “Foi uma luta muito grande, mas vencemos e vamos conseguir tocar essa obra tão importante para o Litoral do Paraná”, afirmou Fernando Furiatti, diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER-PR).

Presenças – Participaram da cerimônia de assinatura da ordem de serviço o vice-governador Darci Piana; os deputados estaduais Galo, Alexandre Curi, Luiz Cláudio Romanelli, Fernando Francischini e Nelson Justus; o ex-prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora; e o ex-vice-prefeito de Matinhos, Gentil Rodrigues Arzão.

Leia também
Comentários
Carregando...