Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Vanhoni explica revolução na Educação dos próximos 10 anos

_DSC0050
Clique e amplie imagem para copiar em alta resolução

A revolução prometida pelo Plano Nacional de Educação é totalmente viável procurou demonstrar Angelo Vanhoni neste sábado (2), durante palestra para professores em Guaratuba.

O que parece mais difícil, dobrar os investimentos em 10 anos, atingindo 10% do Produto Interno Bruto (PIB) já tem até fonte de recursos. Segundo deputado, em 2014, somente os royalties do pré-sal, prioritariamente destinados à Educação pela presidente Dilma, vai render em 2024 um valor calculado em cerca de R$ 380 bilhões. Hoje, são gastos R$ 240 bilhões, representando 5,4% do PIB.

E mais: segundo o deputado, nos últimos dez anos, nos governo Lula e Dilma Roussef, o número de alunos no ensino superior aumentou de 3,2 milhões para aproximadamente 7 milhões. Só no Prouni são 1,3 milhão de estudantes com bolsas integrais ou parciais, filhos de famílias com renda de até 3 salários-mínimos. O financiamento estudantil (Fies) passou de 200 mil para 1 milhão de estudantes.

Segundo Vanhoni, isto aconteceu porque os governos do PT voltaram a investir nas universidades públicas. Além disto, passou a cuidar da educação infantil e do ensino médio, que os governos anteriores deixavam exclusivamente a cargo de prefeituras e governos estaduais. “Foi criado o Piso nacional do professor e a prefeitura que demonstrar que não recursos para pagar o piso, o governo federal ajuda”, explicou Vanhoni. Agora, o governo se compromete ainda mais com o PNE, sancionado por Dilma no dia 26 de junho.

Curso de extensão – Relator do Plano Nacional de Educação no Congresso Nacional entre abril de 2011 e maio de 2014, quando foi aprovado, o deputado federal Angelo Vanhoni (PT) fez uma palestra no encerramento do curso de extensão “Gestão de Processos de Educação, Diversidade e Inclusão” promovido por alunos de pós-graduação da UFPR Litoral. A extensão contou com a participação do coordenador do curso de pós-graduação, Maurício César Vitória Fagundes, atraiu professores e estudantes de ensino médio do curso de Formação de Docentes do Colégio Estadual Gratulino de Freitas.

Também compareceram o vice-prefeito Vandir Esmaniotto, o secretário municipal de Pesca e Agricultura, Paulo Pinna, e diversos interessados na palestra.

Metas do PNE – Vanhoni explicou que o PNE prevê 19 metas para ampliar e melhorar o ensino e uma 20º meta, de aumentar os investimentos públicos para o setor.

Com estes investimentos, pretende-se dobrar o número de crianças atendidas com creches de 0 a 3 anos, atendendo 50% da população nesta faixa, e universalizar a pré-escola para as de 4 e 5 anos. Também quer ampliar a porcentagem de alunos no ensino fundamental e no ensino médio. Também há metas para alfabetização para educação especial, o ensino integral, para melhoras na qualidade, aumento do tempo de escolaridade da população, ensino profissionalizante, no ensino superior, em pós-graduação, formação e valorização salarial para professores e na gestão democrática da educação.

Todas as metas e a situação em que vivemos estão de forma resumida e bem clara em uma cartilha distribuída pelo deputado aos presentes.

Após a palestra, os presentes puderam fazer perguntas e comentários. Além das questões específicas da execução do PNE, o assunto mais frequente foi a necessidade de a sociedade participar das discussões sobre políticas públicas. Para Vanhoni, a revolução na educação já tem um plano amplamente discutido e bastante detalhado e as fontes de recurso. Mas para entrar em vigor só com participação e pressão popular, disse.

_DSC0063
Clique e amplie imagem para copiar em alta resolução

Parceria com Guaratuba – Ao final, o vice-prefeito lembrou os recursos do governo federal para Guaratuba conseguidos com ajuda do deputado, entre eles, a nova creche no Cohapar (Vila do Capricho), duas futuras escolas na área rural e o terminal turístico pesqueiro, que será construído na Praça dos Namorados com recursos de uma emenda de Vanhoni ao Orçamento da União de R$ 1 milhão, que já está depositado numa conta para a Prefeitura de Guaratuba.

Vanhoni nasceu em Paranaguá e é o principal nome da chapa de deputados federais do PT no Litoral. A parceria do petista com a Prefeitura de Guaratuba levou um grupo de pessoas a promover uma dobradinha suprapartidária nesta eleição juntando os dois deputados que mais trazem recursos para a cidade: Nelson Justus (DEM) para deputado estadual e Vanhoni para federal.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...