Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Guaratuba realiza audiência sobre plano de mobilidade urbana

Fotos: ITTI/UFPR

A Prefeitura de Guaratuba realizará, no próximo dia 15, uma quinta-feira, a 1ª Audiência Pública para discussão do Plano de Mobilidade Urbana.

Marcada para as 19h, a audiência será realizada de maneira virtual, através do canal no YouTube do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná (ITTI/UFPR). Link ao final do texto.

O Plano de Mobilidade Urbana de Guaratuba está sendo elaborado pelo ITTI/UFPR, através de um convênio firmado entre o Município e a Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná (Fupef), também vinculada à UFPR. De acordo com o ITTI, o contrato foi assinado no dia 5 de fevereiro e o projeto tem prazo de execução de nove meses, entre fevereiro e outubro.

No dia 24 de fevereiro foi apresentado à equipe da prefeitura o relatório de planejamento e mobilização, que aborda as metodologias que serão aplicadas e o cronograma de elaboração do plano. A apresentação foi seguida por discussão sobre os anseios de Guaratuba em relação à mobilidade. Além disso, os representantes do município citaram os principais gargalos e pontos problemáticos do transporte e do sistema viário.

As próximas etapas do processo são:
O diagnóstico da mobilidade, que abrange pesquisas de comportamento
Levantamentos e inventários
1ª Audiência Pública

Sobre a mobilidade urbana

De acordo com o ITTI, o Plano de Mobilidade Urbana (PMU) de Guaratuba tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, reduzir as desigualdades sociais, promover a acessibilidade e qualificar as condições urbanas de mobilidade e de ocupação do espaço público.

A elaboração do PMU é uma exigência da Política Nacional de Mobilidade Urbana – Lei nº 12.587/12 – a todos municípios com 20 mil habitantes ou mais, turístico ou que se enquadre na lista dos obrigatórios determinados.

Um dos objetivos contemplados pela lei é o planejamento da mobilidade urbana sustentável, o qual se relaciona a diretrizes da priorização dos modos de transporte não motorizados sobre os motorizados.

Com informações da Prefeitura de Guaratuba e ITTI/UFPR

Leia também
Comentários
Carregando...