Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Polícia Civil identifica digitais e conclui inquérito de roubo e estupro no Litoral

A Polícia Civil finalizou o inquérito do roubo seguido de estupro contra uma mulher, de 55 anos, ocorrido na madrugada do dia 23 de maio, no baleneário Caravelas, em Matinhos.

A conclusão aconteceu após a confirmação do laudo papiloscópico indicando a identidade do suspeito.

A polícia realizou perícia no local do crime e encontrou diversas impressões digitais, que foram analisadas e encaminhadas ao banco de dados do Sistema Automatizado de Identificação por Impressão Digital.

Durante as investigações, foram identificados e localizados os possíveis responsáveis pelo crime. O suspeito do estupro ainda negou o fato, afirmando ter sido o olheiro do fato e que nem entrou na residência.

Essa versão foi desmentida pelo laudo papiloscópico, que comprovou que o homem esteve no local. Ele e o outro suspeito foram presos pela Polícia Civil.

Crime – A vítima, que mora na Europa e estava visitando parentes no Brasil, contou que estava dormindo, por volta das 3h, quando foi acordada por um homem que apontava uma arma para sua cabeça.

Depois dela ser violentada, fugiram levando diversos objetos pessoais da vítima e da casa.

Ela pediu ajuda a vizinhos e foi encaminhada à UPA de Praia Grande e depois transferida para o Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá.

Foto: PCPR

Fonte: PCPR

Leia também
Comentários
Carregando...