Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Adolescente é estuprada pelo ex-namorado em Guaratuba

darly_alves_mirandaDarly Alves Miranda, de 22 anos, e um adolescente de 17, foram detidos, na manhã desta terça-feira (13), no bairro Carvoeiro, em Guaratuba, acusados de estuprarem uma menina de 16 anos.

O crime ocorreu porque Darly não aceitava o fim do namoro com a jovem. Por volta das 3h da madrugada, a adolescente estava na casa do atual namorado quando eles foram surpreendidos por Darly e o menor. A dupla estava com uma espingarda e sob ameaças, sequestraram a menina e a levaram para um matagal próximo da residência. Lá começaram os abusos.

Assim que a Polícia Militar foi acionada, várias viaturas se deslocaram para o local. Como a região para onde a menina foi levada é muito grande, os policiais começaram as buscas no matagal. Em uma rua próxima a área indicada, a jovem e o ex foram encontrados caminhando, e assim que foram abordados a menina contou o que tinha acontecido.

Ela estava seminua, muito machucada e mesmo sangrando bastante, conseguiu passar alguns detalhes do que teria acontecido no matagal. Ela confirmou o estupro e contou ainda que apanhou dos dois indivíduos com uma pá. A jovem contou aos policiais que durante o abuso e as agressões eles falavam que usariam a ferramenta para cavar um buraco e que depois de morta ela seria enterrada ali mesmo.

Por volta das 6h conseguiram localizar o outro jovem que participou do sequestro e do abuso: um adolescente de 17 anos que foi apreendido. O menor e Darly Alves Miranda (que segundo os policiais já conta com passagem pela polícia por tráfico de drogas) foram encaminhados para a delegacia de Guaratuba. A vítima foi atendida no Pronto Socorro da cidade e posteriormente transferida para o Hospital Regional do Litoral e também ao Instituto Médico Legal para exames complementares.

A dupla foi acusada de estupro de vulnerável, sequestro, lesão corporal gravíssima e porte ilegal de arma de fogo.

darly-menor

Com informações de Marcello Fuja Loko / Rádio Litorânea / Jornalismo da Ilha e Polícia Militar

 

 

 

Leia também
Comentários
Carregando...