Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Antonina vai implantar ciclovia na sua rua mais movimentada

Apresentação Trabalho, cultura e o cicloturismo no Litoral do PR, de David Pinheiro Lima Couto

Antonina deverá receber uma ciclovia de 1,6km de extensão na avenida Thiago Peixoto, a mais movimentada da cidade.  O projeto abrange o trecho entre o Portal da Cidade, no bairro do Guapê, até o Semáforo, próximo ao Hospital Municipal. 

A obra prevê sinalização horizontal (delimitação visual da ciclovia na pista) e vertical (placas de orientação). A licitação para a obra, na modalidade de tomada de preço, foi lançada no dia 15 de julho e será feita na próxima terça-feira (3).

A demanda pela ciclovia naquele trecho surgiu a partir das ações do Programa Ciclovida da UFPR no município e dos resultados produzidos pela pesquisa “Antonina: de bicicleta todo dia”, desenvolvida por David Couto, José Carlos Belotto e Silvana Nakamori, e publicada no livro “O Brasil que pedala: a cultura da bicicleta nas cidades pequenas”, da Editora Jaguatirica. 

Pesquisa feita para a publicação aponta que 29% da população do município usa a bicicleta como principal meio de transporte. 

Rota única de acesso à cidade, seu centro e porto, a avenida corta os bairros mais populosos de Antonina, possui três escolas e um hospital. Sem via própria, mais de mil ciclistas transitam diariamente entre caminhões, ônibus, carros, motos e pedestres, desviando de veículos estacionados e convivendo com o risco diário de colisões e atropelamentos. A pesquisa mostra que, em busca de segurança, mais da metade destes ciclistas andam na contramão ou nas calçadas, situação contrária ao que determina o Código Nacional de Trânsito.

Resultado do ativismo e da promoção do debate sobre ciclomobilidade na cidade, a obra deve trazer mais segurança para famílias, estudantes e trabalhadores que utilizam a bicicleta como meio de transporte, além de fomentar a prática esportiva do ciclismo e o cicloturismo na cidade. 

Assinam o projeto o designer Henrique Jakobi Moreira e a arquiteta e urbanista Nahayana Alessi Santos, membros da equipe técnica da Cicloiguaçu (Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu), em parceria com a arquiteta Natália Weiss (equipe técnica da Prefeitura de Antonina). 

A estrutura será financiada com recursos oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual Goura (PDT) e do município. 

Publicação do Município / TV Trapiche

Fonte: TV Trapiche / David Couto

Leia também
Comentários
Carregando...