Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

4 empresas disputam licitação da engorda de Matinhos

Sessão de abertura dos envelopes foi transmitida pelo Youtube

Os envelopes com as propostas de preço das empresas interessadas nas obras de recuperação da Orla de Matinhos foram abertos nesta terça-feira (17), no Instituto Água e Terra (IAT). Ao todo, o órgão recebeu 62 manifestações de interesse.

A entrega dos envelopes foi transmitida ao vivo no Canal do Youtube da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. Quatro empresas apresentaram as propostas de preço na Concorrência Pública nº 02/2021: Consórcio Sulcatarinense, Consórcio Orla Matinhos, Consórcio Sambaqui e Consórcio Nova Matinhos. O valor estimado da obra é de R$ 381,7 milhões.

As quatro propostas agora seguem para avaliação da comissão responsável. Serão analisadas as exigências contidas no edital da concorrência.

Para anunciar a empresa vencedora da licitação será convocada uma nova seção com as partes interessadas, respeitando todos os prazos previstos na legislação, como o de recursos e o de vista de documentos.

O resultado final e a abertura de habilitação serão divulgados em Diário Oficial.

Imagens: IAT

OBRAS – Após aprovação dos trâmites burocráticos, a empresa vencedora deverá executar obras para minimizar os impactos gerados pela combinação do desequilíbrio de sedimentos, ocupações mal planejadas e ressacas no Litoral.

O objetivo é fazer melhorias na infraestrutura urbana, turística e de lazer de Matinhos. A obra de Recuperação da Orla de Matinhos é dividida em duas etapas. Na primeira, será feita a revitalização de 6,3 quilômetros entre a Avenida Paraná e o Balneário Flórida, com orçamento previsto em R$ 381,7 milhões. Serão instalados dois guias correntes, dois headlands e um espigão.

Em uma segunda etapa, será recuperado trecho de 1,7 quilômetro entre os balneários Flórida e Saint Etienne. O valor total estimado é de mais de R$ 500 milhões. O Litoral vai ganhar novos equipamentos urbanos, como ciclovia, pista de caminhada e corrida, pista de acessibilidade e calçada.

Serão feitos serviços de engorda da faixa de areia por meio de aterro hidráulico; estruturas marítimas semirrígidas; canais de macrodrenagem e redes de microdrenagem; e revitalização urbanística da orla marítima com o plantio de árvores nativas. Também estão incluídas melhorias na pavimentação asfáltica e a recuperação de vias.

O prazo de conclusão das obras é de 32 meses, após a assinatura da Ordem de Serviço.

Assista a sessão de abertura do envelopes: https://www.youtube.com/watch?v=5RoOa4TPq70

Assista a audiência pública sobre as obras de recuperação da orla: https://www.youtube.com/watch?v=kInF1Om9a-k

Fonte: Sedest / AEN

Leia também
Comentários
Carregando...