Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Porto inicia implosão da Pedra da Palangana na sexta

A empresa pública Portos do Paraná divulgou nesta quarta-feira (1º) que o trabalho para implosão da Pedra das Palangana começa nesta sexta-feira (3), no período da tarde. 

O início da detonação depende das condições operacionais, meteorológicas e ambientais, e o cronograma está sujeito a alterações por essas intercorrências.

Conforme exigido pela licença, os programas de monitoramento e comunicação já estão em andamento e permanecem ativos até o final da obra. Equipamentos de segurança já foram testados e estão prontos para operar.

Com a remoção dos pontos mais rasos do complexo de rochas subterrâneas, o risco de encalhe de navios e desastres ambientais será minimizado. A profundidade atual, que no trecho mais crítico é inferior a 12 metros, será atualizada e a expectativa é que passe para 14,6 metros.

O custo previsto é de quase R$ 23 milhões e a licença foi concedida junto com a obra de dragagem do canal de acesso ao porto. 

Todo o procedimento é acompanhado – desde a contratação, até um ano após a conclusão da obra – por um monitoramento ambiental específico. Segundo as Portos do Paraná, os programas incluem o acompanhamento da comunidade planctônica, bentônica, ictiofauna, carcinofauna, cetáceos e quelônios, além de monitoramento da variação de pressão da coluna d’água e ruídos subaquáticos.

Leia também
Comentários
Carregando...
error: Conteúdo protegido!