Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Claudia Wasilewski fala de sua professora inesquecível

“Não sei contar sobre a minha infância sem a doce presença da professora Maria Cristina Vieira de Souza. Ela foi uma excelente professora e hoje se tornou minha amiga”, conta Claudia Wasilewski, colaboradora do Correio do Litoral, em um texto feito a pedido do jornal Plural, de Curitiba.

“Eu tinha apenas 10 anos quando meu pai faleceu. Ele estava em Irati e fomos para lá sem saber o que realmente tinha acontecido. Quando entendi o que tinha se passado, telefonei para a ‘tia Cristi’ pedindo que fosse até lá. Ela não hesitou e foi. Até hoje não tem como agradecer este ato, apenas reconhecer.

“Uns dias depois, ela surgiu com um convite para eu desfilar para uma loja. Eu fui muitas vezes, como uma boa pisciana com ascendente em leão. Desses desfiles, o que mais me marcou foi um apresentado pelo Pedrinho, do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Vocês tem ideia do que isso significou? 

“Obrigada, Plural! É tão lindo relembrar e contar como o exercício do magistério me marcou de forma tão positiva.”

Depoimento de Claudia Wasilewski

Para ler a reportagem completa, com os depoimentos de outros ilustres leitores do Plural, acesse o link: 

Leia também
Comentários
Carregando...