Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Produtores do Litoral terão certificação de sustentabilidade

Foto: Invest Paraná

A Invest Paraná reuniu nesta sexta-feira (15), em Morretes, no Litoral do Estado, autoridades e produtores locais para tratar da 1ª Oficina de Integração do projeto Vocações Regionais Sustentáveis (VRS) Mata Atlântica

A abertura da oficina acontece em 24 de novembro, no Teatro Municipal de Antonina. Paralelamente, ocorrerá a 1ª Feira Integrada de Produtos da Mata Atlântica que passarão por processo de certificação de sustentabilidade do Paraná. A feira terá produtos de Morretes, Guaraqueçaba e Antonina.

O programa VRS,do Governo do Estado, elencou produtos regionais com potencial de mercado, com o objetivo de introduzir inovação e agregar valor às cadeias produtivas de alimentos e turismo, de forma sustentável, fortalecendo relações sociais, culturais e ambientais.

A Invest Paraná é vinculada à Secretaria Estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. Para o secretário Márcio Nunes, o programa é importante para a geração de emprego e renda, com atenção ao meio ambiente. “Se o Paraná é o Estado que mais produz, deve ser também o estado mais sustentável do país”.

ENGAJAMENTO – A Invest Paraná presta assessoria técnica aos produtores e empreendedores locais. “Uma das linhas de atuação do programa é o engajamento da população para que a própria comunidade entenda como o produto deve ser apresentado ao mercado externo”, afirmou o coordenador do VRS na Invest Paraná, Bruno Banzato.

O programa é uma política integrada entre diversas instituições governamentais. Além da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, outras participam: Justiça, Família e Trabalho; Agricultura e Abastecimento; Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, além do Instituto Água e Terra (IAT), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-Paraná), Paranacidade, Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), universidades e comunidade.

OFICINA – A 1ª Oficina de Integração do projeto Vocações Regionais Sustentáveis Mata Atlântica vai envolver os municípios de Antonina, Morretes e Guaraqueçaba, trabalhando os conceitos de turismo de natureza e de base comunitária, além de produtos regionais.

Segundo o prefeito de Morretes, Junior Brindarolli, será um momento histórico para desenvolver as vocações regionais do Litoral. “É um passo importante para fazer com que o turista permaneça por mais tempo no Litoral, gastando aqui e contribuindo para que os moradores possam ter renda, sem precisar buscar empregos em outros municípios”, disse.

O gestor do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Litoral do Paraná, Neto Gnata, destacou o potencial que a região tem a oferecer aos visitantes. “O Litoral pertence a todo paranaense e precisamos potencializar esse pertencimento. Essa reunião foi fundamental para ratificar a integração e o fortalecimento desse projeto, que vai mudar o conceito da nossa região”, afirmou.

Produção de Palmito na comunidade de Tagaçaba, em Guaraquecaba. 13/09/21 – Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Fonte: AEN

Leia também
Comentários
Carregando...