Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Matinhos discute criação de feira permanente de artesanato e orgânicos

O prefeito de Matinhos, Zé da Ecler, se reuniu nesta semana com representantes da Câmara, da Paróquia São Pedro Apóstolo e da UFPR Litoral, além de um grupo de artesãos de Matinhos. No encontro, que aconteceu terça-feira (19) no gabinete, foi discutida a possibilidade do município ter uma feira permanente de produtos artesanais e orgânicos.

A feira seria montada na Praça Central de Matinhos e também teria espaço para apresentações culturais. A ideia é valorizar a arte e a cultura da cidade. Na reunião desta terça, foram abordadas questões como documentação necessária para os permissionários, protocolos de higiene e outros aspectos técnicos.

De acordo com a Lei Municipal n.º 2.219/2021, a feira teria que contemplar os moradores de Matinhos como permissionários. No caso dos produtores rurais, a obrigatoriedade é que os feirantes residam nas cidades do Litoral.

Entre os presentes na reunião, estava o Padre José Miguel, da Paróquia São Pedro Apóstolo. Representando o Legislativo, estiveram os vereadores Lucas Pesco (PSC), Rodrigo Gregório (PODE) e Nívea Gurski (PSD).

fonte: Departamento de Comunicação e Prefeitura de Matinhos

Matinhos discute feira permanente de artesanato e orgânicos

O prefeito de Matinhos, Zé da Ecler, se reuniu nesta semana com representantes da Câmara, da Paróquia São Pedro Apóstolo e da UFPR Litoral, além de um grupo de artesãos de Matinhos. No encontro, que aconteceu terça-feira (19), no gabinete, foi discutida a possibilidade do município ter uma feira permanente de produtos artesanais e orgânicos.

A feira seria realizada na Praça Central de Matinhos. Nela, também aconteceriam apresentações culturais. A ideia é valorizar a arte e a cultura matinhense. Na reunião desta terça, foram abordadas questões como documentação necessária para os permissionários, protocolos de higiene e outros aspectos técnicos.

De acordo com a Lei Municipal n.º 2.219/2021, a feira teria que contemplar os moradores de Matinhos como permissionários. No caso dos produtores rurais, a obrigatoriedade é que os feirantes residam nas cidades do Litoral.

Entre os presentes na reunião, estava o Padre José Miguel, da Paróquia São Pedro Apóstolo. Representando o Legislativo, estiveram os vereadores Lucas Pesco (PSC), Rodrigo Gregório (PODE) e Nívea Gurski (PSD).

Com foto e informações do Departamento de Comunicação da Prefeitura

Leia também
Comentários
Carregando...