Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Verão tem mais ocorrências de perturbação de sossego, mas PM é mais eficiente

Houve um aumento de chamadas por perturbação, mas a Polícia Militar consegue ser mais eficiente na resolução do problema neste início de temporada

Foto: Sesp/PR

A Polícia Militar fechou a primeira semana da operação Verão Paraná – Viva a Vida 2021/2022 com um aumento de 108,9% (de 45 para 95) em chamadas por perturbação do sossego – mas a quantidade de termos circunstanciados por esse motivo caiu 55,6%. “Embora as ocorrências de perturbação do sossego tenham aumentado, a PM conseguiu ser mais eficiente na resolução do problema, ainda no local”, explica o capitão Wagner Araújo, oficial de planejamento da PM durante a operação Verão.

No geral, houve redução de 28,5% nas ocorrências em comparação com o mesmo período do ano passado. O número de flagrantes de uso de drogas caiu 65,4% nos sete municípios do Litoral. Em contrapartida, o número de abordagens aumentou 27,8% e de vistoria em veículos, 68,9%.

Nos primeiros sete dias do início do trabalho intensivo no Litoral, 130 foram detidos em flagrante e 56 pessoas assinaram termos circunstanciados. “O resultado alcançado até agora, se deve também a nossa aplicação de policiamento tanto com as unidades especializadas quanto com equipes de policiamento ostensivo geral”, explicou Araújo.

A redução de ocorrências gerais (de 1.589 para 1.136) e das ocorrências de uso de drogas (de 105 para 36) é a resposta do trabalho feito pelo 1º Comando Regional da PM (1º CRPM) nos meses que antecederam o Verão Paraná.

“Com ações de inteligência e aplicação de equipes de policiamento tático em diversos pontos dos municípios litorâneos, diversos pontos de uso e tráfico de drogas foram eliminados antes do verão, por isso que temos um número baixo de termos circunstanciados e de apreensão de drogas, ou seja, graças às operações pré-temporada”, afirmou Araújo.

Ao longo dos sete primeiros dias do Verão Paraná – Viva a Vida, os policiais militares fizeram 8.256 orientações aos cidadãos em toda a região litorânea. Foram abordadas outras 7.436 pessoas, média de 1.062 pessoas por dia, para localizar pessoas foragidas da justiça que estejam nas praias e para retirar de circulação drogas e armas.

Na área do trânsito urbano, as equipes policiais vistoriaram 3.731 veículos e lavraram 390 autos de infração de trânsito. As ações ocorreram principalmente nos acessos aos municípios do Litoral e nas avenidas próximas à orla, onde há maior incidência de infrações como estacionamento irregular e manuseio de celular ao volante.

MAIS ABORDAGENS – As abordagens gerais e rotineiras a pessoas, feitas pelos policiais militares, aumentaram 27,8% (de 5.820 foi para 7.346) e as vistorias a veículos passaram de 2.538 para 4.286 nesta temporada, um acréscimo de 68,9%. “A presença policial nas ruas aumenta a prevenção e tivemos uma resposta das pessoas que estiveram no Litoral nestes primeiros sete dias”, avalia Araújo.

Leia também
Comentários
Carregando...