Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Em um único dia, 4 ônibus escolares são danificados na PR-405

Na manhã desta quinta-feira (17), quatro ônibus escolares tiveram problemas mecânicos em virtude das más condições da PR-405, denunciou a Prefeitura de Guaraqueçaba.

“Os veículos que atendem as comunidades rurais de Morato, Ipanema, Serra Negra, Batuva e várias outras estragaram no percurso entre as escolas e a casa dos alunos fazendo com que muitas crianças ficassem sem aula e pais e professores preocupados”, informou o site oficial do município.

Ainda de acordo com a prefeitura, recentemente a Secretaria Municipal de Educação realizou a revisão de todos os veículos, “alguns deles novos que foram colocados para rodar a menos de um mês com o retorno das aulas presenciais”. Os atendem alunos da rede municipal e da rede estadual.

Edvaldo Narciso Izabel que é motorista responsável pelo transporte das crianças da Comunidade de Serra Negra fala da dificuldade na linha: “O ônibus estava bom, mas com essa estrada não há carro que aguente, como eu estava na comunidade ainda, avisei as equipes, deixei o ônibus onde estragou e levei as crianças para casa a pé. Os demais pais foram avisados pelo grupo da escola. Estão todos bem e em segurança, mas se não arrumar essa estrada a coisa pode ser pior em um dia de sol forte ou de temporal”.

Fotos distribuídas pela Assessoria de Imprensa e feitas por funcionários do transporte escolar

Outro ônibus, dirigido pelo motorista Diogo que faz a linha do Mirante até Tagaçaba, encalhou em um lamaçal na rodovia. O ônibus que atende a comunidade rural de Ipanema até a Sede e o ônibus que faz a linha escolar da comunidade Rural do Batuva até Guaraqueçaba, tiveram danos nos pneus e rodados em virtude dos buracos intercalados com as pedras salientes na PR-405 – ainda assim um dos motoristas conseguiu chegar com o veículo até a Sede do Município onde passa por manutenção.

O diretor do Departamento de Transporte Escolar, Marcos Pontes, informa que todos os veículos já estão sendo encaminhados para a manutenção com pedido de urgência para que as crianças não fiquem sem transporte escolar e percam aulas.

“É uma situação revoltante, não apenas pelos gastos com manutenção veicular mas, principalmente, pela situação em que ficam nossas crianças. Quando um ônibus desse estraga na PR-405 isso geralmente ocorre em áreas sem sinal e os alunos ficam correndo risco na estrada até a chegada do socorro. Isso é inadmissível”, afirmou o secretário municipal de Educação, professor Sidney França.

“Hoje foram os ônibus escolares, semana passada foram veículos de saúde, carros de turistas, agricultores perderam sua safra por não conseguir escoar sua produção. Ano passado, nossas mulheres foram transladadas de barco para Paranaguá para ter acesso a saúde, pois a carreta da saúde da mulher do Sesc não conseguiu chegar pela PR-405”, comentou a prefeita Lilian Ramos.

“Desde o início da gestão foram inúmeras tratativas com SEIL (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística) DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Governo do Estado, deputados estaduais, federais, instituições, ambientalistas, grupos de trabalho etc. que trouxeram resultados paliativos, mas precisamos de um trabalho efetivo de manutenção da PR-405 até que aconteça a tão sonhada pavimentação”, disse. “Tudo já foi dito, tudo já foi mostrado, não desistiremos. Com a população, o legislativo e o executivo municipal juntos, teremos nossos sonho realizado, o sonho de pôr fim ao isolamento ocasionado pelas más condições da PR-405”, completou.

Comentários
Carregando...