Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Polícia Ambiental faz nova apreensão de palmito e aplica multa de R$ 160 mil

Fotos: 2º Pelotão BPAmb FV

O Pelotão da Polícia Ambiental – Força Verde de Guaratuba fez uma nova apreensão de palmito juçara extraído sem licença. Na terça-feira (5), foram apreendidas 70 unidades em uma bateira, nas proximidades da baía de Guaratuba. O barco foi apreendido e o responsável recebeu uma multa de R$ 31 mil.

Nesta quinta-feira (7), a Operação Bloqueio, que costuma acontecer nas entradas da cidade para combater crimes ambientais, flagrou um homem transportando 356 unidades do palmito nativo sem licença. 

A abordagem ao veículo onde estava a carga ilegal aconteceu pouco antes das 5h30, no Posto da Polícia Rodoviária do bairro Coroados, na PR-412 (Rodovia Máximo Jamur). 

O condutor foi encaminhado para a sede do 2º Pelotão de Polícia Ambiental para confecção do termo circunstanciado de infração penal e vai responder ao processo em liberdade. Ele foi autuado em R$ 160.200,00 por transportar produto de origem florestal sem licença, com o agravo de a essência florestal constar como espécie ameaçada de extinção, conforme anexo I, da portaria MMA 043/2014.

O veículo foi apreendido e recolhido para o pátio do 2º Pelotão da Polícia Ambiental, no bairro Mirim. O palmito foi apreendido e posteriormente doado à instituições sem fins lucrativos, como a Apae.

A espécie nativa de palmeira juçara (Euterpe edulis) está ameaçada de extinção justamente pela exporação ilegal do palmito. Consta da Lista Nacional Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção e sua extração só é permitida com autorização.

Comentários
Carregando...