Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Litoral é exceção no Paraná e tem chuvas abaixo da média

As chuvas de abril ficaram acima do esperado em grande parte do Paraná, com exceção da região litorânea. 

Os dados do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) sobre as precipitações em 11 estações meteorológicas revelam que na maior parte delas o índice pluviométrico ficou acima da média. 

Chegou até a quadruplicar em Foz do Iguaçu (409%), onde choveu 299 mm, frente a uma média histórica de 73,1 mm para o mês. Em Campo Mourão (149,4 mm), Francisco Beltrão (276,4 mm), Cascavel (254,8 mm) e Pato Branco (276,4 mm) o acumulado foi praticamente o dobro do esperado. 

No Litoral, ao contrário, o desvio foi negativo: em Antonina o índice foi de 152,3 mm de precipitação, 17,7% abaixo do esperado; em Guaratuba, choveu 151,2 mm, 22,3% abaixo da média.

“O mês de abril foi marcado com chuvas acima da média nas regiões Noroeste, Oeste, Sudoeste e Sul do Paraná. Nas demais, os acumulados estiveram próximos ou pouco abaixo da média histórica. Esse comportamento pode ser associado pelo gradual enfraquecimento do fenômeno La Niña e também a uma maior interação entre as frentes frias e a umidade que vem da Amazônia”, analisa a meteorologista do Simepar, Lidia Mota.

MAIO – Para este mês de maio, a meteorologista explica que a expectativa continua sendo de gradual enfraquecimento do fenômeno La Niña. “O que poderá induzir chuvas próximas um pouco abaixo da média esperada, no entanto não se descarta a possibilidade de algumas regiões apresentarem chuvas acima da média”, cita. O comportamento das temperaturas também deve se manter dentro do esperado.

Confira tabela de precipitações:

Comentários
Carregando...