Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

MAE-UFPR abre exposição sobre Lange de Morretes como cientista

O Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná (MAE-UFPR) inaugura, nesta sexta-feira (29), a exposição “Lange de Morretes: Uma Viagem Naturalística” em sua sede Histórica em Paranaguá. A entrada é gratuita.

A abertura é às 16h e conta com a apresentação do Duo da Orquestra Filarmônica, com os violinistas Alan Forgati e Jessica Cionek.

A exposição traz ao público um lado ainda pouco conhecido da vida do artista plástico paranaense Frederico Lange de Morretes: sua atuação como naturalista.

A mostra apresenta a relevância de Frederico no campo da Malacologia (estudo dos moluscos), o qual, em suas pesquisas de campo, coletou e catalogou 25 novas espécies, 2 novos gêneros e 3 subgêneros de moluscos, tendo publicado, em sua vida, cerca de 13 trabalhos.

Em seus últimos anos de vida, Lange de Morretes fez inúmeras coletas no litoral do Paraná, principalmente nas regiões de Guaratuba, Matinhos e Ilha do Mel.

A abertura da exposição faz parte do evento de comemoração dos 59 anos do MAE-UFPR e é a primeira exposição presencial inaugurada no MAE após o período em que seu espaço físico em Paranaguá permaneceu fechado durante a pandemia de covid-19.

A curadoria da exposição foi realizada pelo prof. dr. Carlos Eduardo Belz e Marcos de Vasconcellos Gernet, doutorando da pós-graduação em Zoologia – PPGZoo-UFPR), em uma parceria entre o MAE-UFPR, CEM-UFPR (Centro de Estudo do Mar), o Grupo de Malacologia do Paraná e o LEBIO (Laboratório de Ecologia Aplicada a Bioinvasões).

Abertura da Exposição “Lange de Morretes: Uma Viagem Naturalística”
Data: 29/07/2022
Horário: 16h
Local: Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR – Rua XV de Novembro, 575 – Centro Histórico – Paranaguá
ENTRADA GRATUITA
Mais informações: (41) 3313-2042 |

Comentários
Carregando...