Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Comunidade do Rasgadinho participa do Plano de Manejo do Parque Guaricana

Na última quarta-feira (27) aconteceu reunião do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) sobre o Plano de Manejo do Parque Nacional Guaricana com a comunidade do Rasgadinho, na área rural de Guaratuba.

A reunião foi realizada com o objetivo de diagnosticar e organizar as atividades extrativistas dentro do parque, bem como os procedimentos doICMBio, órgão do governo que administra as unidades de conservação federais, com relação às propriedades que se encontram dentro do parque.

A Prefeitura de Guaratuba informa que está diretamente envolvida nessas reuniões “no intuito de garantir os direitos das pessoas envolvidas nas atividades agrícolas, extrativistas e turísticas dessa região”.

Na ocasião foi discutida a coleta da palha da palmeira guaricana nas propriedades que estão dentro do parque. Neste mês de agosto acontecerá uma reunião geral que contará com representantes de várias comunidades onde serão discutidas as atividades que poderão ser feitas dentro da unidade de conservação.

Participaram da reunião cerca de 50 pessoas entre coletores de palha, cipozeiros, proprietários de terras, os representantes do ICMBio Luiz Francisco Dietzel e Ana Carolina Saupe, o subprefeito regional do Cubatão, Paulo Pinna, o técnico agrícola Dagoberto da Silva, representando a Secretaria da Pesca e da Agricultura, e o representante do Incra, Valter Esser.

O Parque Nacional Guaricana foi criado em 2014. Fica na maior parte dentro de Guaratuba, mas também alcança São José dos Pinhais e Morretes. O parque tem 49.286,87 hectares de área delimitados no entorno da antiga Fazenda Guaricana, de 7.900 hectares.

Atualmente, só a área da fazenda está consolidada como parque – a maior parte ainda é ocupada por propriedades rurais.

Fotos: Prefeitura de Guaratuba

Comentários
Carregando...