Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Litoral do Paraná não elege nenhum deputado

Justus e Ramos foram os mais votados em suas cidades e ficaram na 1ª suplência nos seus partidos

Com a derrota de Nelson Justus, detentor de oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa, o Litoral do Paraná não elegeu nenhum deputado nestas eleições. Ele obteve 38.779 votos, Justus ficou em 8º lugar na chapa do partido União Brasil, que elegeu 7 parlamentares estaduais.

Apesar do resultado negativo, o atual deputado teve um resultado expressivo em Guaratuba, onde tem domicílio eleitoral: foram 8.258 votos, um recorde na cidade e 41,14% dos 20.071 votos válidos.

Em Paranaguá, que tem cerca da metade dos eleitores do Litoral, a maior votação foi do ex-vereador e ex-candidato a prefeito Adriano Ramos. Ele obteve 33.231 de um total de 77.577 votos válidos para deputado estadual na cidade (42,84%). No Paraná, Ramos fez 36.327 votos e também ficou como 1º suplente do Republicando, que conquistou cinco vagas na Assembleia.

O candidato a deputado federal local, o coordenador regional do Litoral e ex-vice-prefeito Arnaldo Maranhão (PSB) foi o mais votado em Paranaguá, com 12.377 de um total de 14.298 votos que teve no Estado.

Presidente e governador venceram em todas

Na eleição presidencial, Jair Bolsonaro venceu nas sete cidades. O ex-presidente Lula, que ficou na frente no Brasil, obteve o segundo lugar em todos os municípios. A maior diferença foi em Guaratuba (62,95% a 30,24%) e a menor em Guaraqueçaba (49,52% a 43,91%)

O governador Ratinho Junior, reeleito no primeiro turno, também venceu em todos, seguido do ex-governador Roberto Requião, também na totalidade. Novamente, Guaratuba deu a maior vitória para o candidato à reeleição (79,15% a 16,46%) e Guaraqueçaba a menor (65,81% a 31,32%)

Leia também
Comentários
Carregando...