Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

BR-277 foi liberada parcialmente na tarde desta quarta-feira

Após reunião técnica, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) decidiram pela liberação parcial da BR-277 nesta quarta-feira (30), o que ocorreu por volta das 15h30.

Foto: Rodrigo Felix Leal/SEIL

A pista, atingida por deslizamento de terra em dois segmentos nos últimos dias, além da queda de rochas no mês passado, está passando por limpeza e melhorias, devendo ficar liberada em pista simples do km 39,5 ao km 42, tanto no sentido Curitiba – Paranaguá quanto no sentido Paranaguá – Curitiba.

A medida, defendida pelo DER/PR, visa restaurar parcialmente o fluxo de veículos para o litoral paranaense, atualmente com bloqueios também na BR-376 e PR-410 (Estrada da Graciosa). Nesses dois casos, não há previsão de liberação.

OBRAS – No trecho atingido pela queda de rochas há pouco mais de um mês, o DNIT realizou contratação emergencial de obra de contenção do talude, um investimento de R$ 1,6 milhão.

Para os outros dois deslizamentos ainda serão avaliadas soluções. O Governo do Estado, por meio do DER/PR, se colocou à disposição do DNIT para dar suporte técnico, aporte financeiro ou mesmo para executar as obras, bastando somente uma definição do governo federal para início das medidas necessárias.

GUINCHOS – As equipes de operação de tráfego rodoviário do DER/PR estão presentes no trecho disponibilizando cones para sinalização de emergência, veículos de inspeção de tráfego, guinchos mecânicos e realizando a orientação ao usuário, garantindo que os desvios de tráfego no trecho sejam realizados com total segurança.

Atualizações sobre as condições de tráfego da BR-277 e demais rodovias do antigo Anel de Integração estão disponíveis em tempo real no Twitter do Centro de Operações Integradas (COI) do DER/PR:  https://twitter.com/rodovias_parana. Os serviços do DER/PR podem ser acionados pelo telefone 0800-400-0404, sendo inteiramente gratuitos.

Leia também
Comentários
Carregando...