Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Gaeco denuncia os outros 6 PMs da Rotam de Guaratuba

O Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Curitiba do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) apresentou denúncia criminal por tráfico de drogas e posse ilegal de armas contra seis policiais militares da Companhia da Polícia Militar de Guaratuba (3ª Cia). 

A ação penal já foi recebida e vai tramitar no Juízo da Vara da Auditoria Militar da capital. Dois dos PMs – irmãos gêmeos – foram alvos da Operação Fish, do Gaeco, deflagrada em agosto deste ano.

Na denúncia, o MPPR relata que, durante a ação realizada em agosto, “foi verificado que os policiais mantinham um estoque de drogas, armas e munições escondido em um veículo estacionado no pátio da unidade da corporação em Guaratuba”. 

Publicidade

Os itens estavam em um recipiente identificado como “primeiros socorros” e totalizaram 837 gramas de cocaína, 929 gramas de maconha e 110 gramas de crack, além de armas e munições irregulares (sem origem), algumas delas inclusive com numeração suprimida.

Os seis policiais, assim como os gêmeos, atuavam na Rotam (Ronda Ostensiva Tático Móvel). Os dois irmãos já haviam sido denunciados pelo Gaeco por porte ilegal de armas e estão presos preventivamente em Curitiba, no 29º Batalhão da Polícia Militar.

Leia também