Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Bombeiros já fizeram 870 salvamentos nesta temporada

Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

O novo balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Paraná nesta segunda-feira (23) já soma 102.386 ações preventivas e 870 salvamentos nesta temporada. Foram distribuídas 9.389 pulseiras de identificação para as crianças, garantindo mais segurança aos veranistas. 

A divulgação do Corpo de Bombeiros inclui, infelizmente, oito óbitos por afogamento. Os números divulgados correspondem ao período de 17 de dezembro de 2022 a 22 de janeiro de 2023. 

Desde o início da temporada, o litoral paranaense conta com um efetivo de 535 bombeiros militares e 133 guarda-vidas civis, que atuaram nos 92 postos distribuídos em toda orla. 

Os postos de guarda-vidas funcionam nas praias de Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná e Ilha do Mel, e há um posto tático-móvel em Morretes. Para as ações preventivas e salvamentos, os postos contam com embarcações para auxílio nas rondas marítimas e nos salvamentos.

“Nós estamos aqui para ensinar, orientar e advertir, caso seja necessário”, enfatizou a porta-voz do Corpo de Bombeiros, capitã Thayane de Lima. “Mas reforçamos que a população deve prestar atenção nas bandeiras que orientam os lugares mais tranquilos para banho”.

A porta-voz destaca que a atenção dos responsáveis com as crianças se estende desde o uso constante das pulseirinhas até o acompanhamento dos pequenos ao entrar no mar. 

“Nesse momento de praia cheia é muito importante que os pais redobrem a atenção, procurem ficar na área atendida por um posto de guarda-vidas e solicitem a pulseirinha. O uso da mesma facilita na localização caso a criança venha a se perder na areia das praias”, disse a capitã.

A divulgação do CBMPR indica que em pouco mais de um mês foram localizadas 448 crianças que estavam perdidas nas areias, confirmando a importância do uso da pulseirinha de identificação.

Leia também
Comentários
Carregando...