Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Governo federal libera recurso para Caminhão do Mel de Guaratuba

Imagem ilustrativa do envase do mel
Imagem ilustrativa do envase do mel

O governo federal liberou, na última semana de dezembro, mais um recurso para projeto de Guaratuba: o Caminhão do Mel. São R$ 195 mil de uma emenda do ex-deputado federal Angelo Vanhoni (PT) no Ministério da Agricultura,

A liberação do recurso foi informada no dia 29 por ofício da Caixa Econômica Federal à prefeita Evani Justus e ao presidente da Câmara, Mordecai de Oliveira. O projeto foi desenvolvido em 2014 pela Secretaria Municipal da Pesca e Agricultura com apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, do escritório local do Emater/PR e da Associação dos Apicultores de Guaratuba.

O Caminhão do Mel fará a coleta na propriedade do apicultor e vai envasar o produto na hora. Isto vai reduzir o custo e garantir a qualidade. De acordo com o secretário de Pesca e Agricultura, Paulo Pinna, em um segundo momento, os apicultores poderão formar uma cooperativa para comercializarem em conjunto, enquanto a Prefeitura de Guaratuba dará apoio na certificação do produto. “Os produtores estão dentro da Área Ambiental de Guaratuba (APA) e poderemos certificar o mel produzido aqui como mel orgânico, que vale cerca de 30% a mais e tem um grande potencial para ser exportado”, diz Pinna.

Além dos apicultores, o projeto servirá como reforço na renda para agricultores e pescadores artesanais que possuem propriedade ou vivem em áreas de conservação ambiental (mais de 90% do território de Guaratuba)

Já estão cadastrados para o Caminhão do Mel mais de 20 apicultores. Na primeira etapa do projeto a intenção é beneficiar diretamente 50 famílias, entre agricultores familiares e pescadores artesanais residentes em sete comunidades rurais (Boa Vista, Morro Grande, São Joãzinho, Descoberto, Rasgadinho, Itinga e Parado) e em trechos de três bairros que estão no entorno do Parque Estadual do Boguaçu (Coroados, Nereidas e Piçarras).

O projeto Caminhão do Mel terá um custo de equipamentos de R$ 200 mil, sendo R$ 180.600,00 mil para compra de um caminhão e R$ 19.400,00 em máquinas e utensílios.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...