Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

IAP divulga estudos sobre novo acesso a Antonina

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) publicou sexta-feira (01) o edital de entrada do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) do novo acesso a Antonina. A rodovia também faz parte do Complexo Viário do Litoral, que está parado no Governo do Paraná.

O acesso planejado é um novo trecho da PR-340, que se iniciará nas proximidades do km 24 da BR-277 (Marta) até o complexo Portuário de Antonina. Ao todo são 10,3 quilômetros, o que inclui também a ponte sobre o rio Nhundiaquara.

O novo trecho rodoviário vai retirar os veículos pesados das regiões centrais das cidades históricas de Morretes e Antonina. Também vai melhorar acesso ao complexo Portuário de Antonina. A nova rodovia proposta contará com ciclovia em toda sua extensão. A estimativa é investir R$ 170 milhões nesta obra.

O Estudo Ambiental mostra o melhor traçado para a rodovia. No documento, estão apontados os impactos com a construção da estrada e as medidas ambientais e as ações mitigatórias. Com a divulgação do documento, o IAP e o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) agora podem convocar uma audiência pública, para apresentar o estudo para a comunidade de Morretes e Antonina. A estimativa é que dentro de 15 dias serão divulgadas a data da reunião com a população.

O EIA/Rima sobre o novo acesso a Antonina também pode ser consultado nos sites do IAP, DER-PR, Administração dos Portos de Antonina e Paranaguá (Appa) e da Secretaria estadual de Infraestrutura e Logística. Leia o documento no www.infraestrutura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=479

Após as audiências públicas, o IAP avaliará a emissão da Licença Prévia e o DER-PR estará apto a contratar o projeto de engenharia e demais estudos ambientais que se fizerem necessários para a construção do novo acesso.

Além da implantação da rodovia, está em andamento o projeto da ciclovia Morretes e Antonina, a construção da Avenida Portuária e o acesso ferroviário ao Porto de Antonina e Terminal Pontal do Félix.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...