Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Ministério Público atento à poluição sonora

Às vésperas da temporada de verão, a poluição sonora e a perturbação do sossego voltam a ser uma das maiores preocupações nas praias do Paraná.

Som alto e festas à noite criam situações de conflito entre a população fixa e os visitantes. Saiba o que a Promotoria de Justiça pensa a respeito. Leia reportagem do site do Ministério Público do Paraná:

Alarmes, som alto, casas de show e bares sem isolamento acústico, construções, canis. As fontes de poluição sonora são diversas e geram muitas reclamações.

Somente para ilustrar, o barulho é a causa de 50% das queixas recebidas pela Polícia Militar do Paraná, pelo telefone 190. Para falar sobre o assunto, o programa “MP no Rádio” desta semana recebe o promotor de Justiça Sérgio Luiz Cordoni, da Promotoria de Justiça de Proteção do Meio Ambiente de Curitiba

Durante a conversa, o promotor elenca os tipos de ruído que podem ser definidos como poluição sonora, fala sobre as punições previstas para quem comete este delito, aponta a quem recorrer quando ocorre uma situação de poluição sonora, entre outras questões.

Clique aqui para ouvir e fazer download da entrevista.

Fonte: MP/PR

 

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!