Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Navegando pela Categoria

Colunistas

Brics: Uma Aliança que se Consolida

Depois de sediar com eficiência e hospitalidade aquele que já é considerado um dos melhores mundiais de futebol de todos os tempos, o Brasil foi anfitrião de outro importante encontro internacional, a VI Cúpula de Chefes de Estado dos BRICS, realizada em Fortaleza e Brasília de 14 a 16 de julho.

Pássaros que chamam turistas

“Casa de ferreiro, espeto de pau” (Ditado popular). No Brasil, são criadas Unidades de Conservação nas regiões em que a avifauna potencializa o turismo voltado para a Observação de Aves. Em Itapoá, cuja avifauna é referência internacional, apenas um pequeno Parque Natural Municipal, para não dizer nenhuma.

Eu não falei?!

As falsas promessas do governador ao Litoral do Paraná

A saga do povo do Ariri

O território do Estado do Paraná foi desmembrado de São Paulo e dessa divisão política surgiu uma pendenga no que toca a linha seca que das cabeceiras do rio Paranapanema encontra o litoral, separando as duas unidades políticas da federação.

Novos cursos UFPR em Pontal

Uma notícia que talvez lhes tenha escapado, importante para o pessoal da região: o CEM da UFPR em Pontal vai ofertar novos cursos este ano, Engenharia Civil (50 vagas) e Engenharia Ambiental (50), além de Engenharia de Aquicultura (30), Ciências Exatas (50) e Oceanografia (40). Deve revolucionar a região! Publiquem! Eduardo "Mãos de Tesoura"

Carta 152. Um desterrado em Desterro

Neste mês de julho, graças a convite, carona (ida e volta) e hospitalidade de um casal de amigos de Curitiba, pude novamente me encontrar com a Ilha de Santa Catarina. Tinha visitado a Ilha duas vezes antes, há quase um quarto de um século (ver Tabela 1), no início do verão e por motivos puramente recreativos. Assim, tinha feito pouquíssimas anotações sobre a fauna e flora naquelas ocasiões. Mas nesta última visita, que aconteceu no meio do inverno, esforcei-me em combinar o agradável ao útil, listando as aves, borboletas, conchas marinhas e cogumelos encontrados nas minhas caminhadas. Estou muito ciente de que a Ilha de Santa Catarina tem sido bem explorada para cada um destes quatro grupos, por naturalistas residentes e pelos viajantes do passado que aportaram na ilha. Mesmo assim, decidi apresentar as minhas listinhas de espécies encontradas, para (i) que estes dados possam ser aproveitados e (ii) para estimular outras pessoas a divulgar os seus registros, por mais insignificantes que possam parecer.

Enfim a ciclovia na PR 508

Agora vai! Desde 15/10/2009 as reivindicações feitas pelos moradores do bairro Sertãozinho através de abaixo-assinado, requerimentos, manifestação, Ministério Publico, etc. foram atendidas e a obra da ciclovia na PR 508 (Alexandra-Matinhos) começou a todo o vapor. Os funcionários da empresa contratada começaram a limpar a área ao lado da rodovia para começar a implantar a ciclovia. O projeto foi realizado em 2011 e 2012, por outra empresa contratada pela concessionária da rodovia e contempla todas as exigências necessárias da população. A comunidade vem através deste agradecer a todos que participaram desde a coleta de assinatura, reunião para o processo de planejamento, apoio logístico e a todos que compareceram na manifestação do dia 02/11/2013. Essa vitória é NOSSA! Kelli Correia – Matinhos A conquista dos moradores de Matinhos foi notícia na Rádio CBN, de Curitiba, com texto da jornalista Tabata Viapiana no site da emissora: Depois de quatro anos de reivindicações Alexandra-Matinhos terá ciclovia Depois de mais de quatro anos de reivindicações dos moradores, será construída uma ciclovia na PR-508, no litoral do estado. Os moradores do bairro Sertãozinho, entre os km 28 e 30 da PR-508, a rodovia que liga Alexandra a Matinhos, reclamavam dos constantes atropelamentos e acidentes de trânsito na região. Desde 2009, foram feitos inúmeros protestos, abaixo-assinado, requerimentos e até um ofício protocolado junto ao Governo do Estado, com objetivo de diminuir o número de acidentes na estrada. O primeiro óbito registrado na PR-508 foi da mãe de um dos organizadores do movimento, em 1989. No dia 2 de novembro de 2013, no feriado de finados, os moradores fecharam por uma hora, cerca de 500 metros da rodovia, após a Rodoviária de Matinhos no sentido Curitiba. Essa foi a última grande manifestação do grupo antes do anúncio da construção da ciclovia. O protesto foi organizado após uma morte na estrada. No dia 19 de outubro do ano passado, uma mulher de 68 anos que andava de bicicleta no acostamento acabou sendo atropelada por um ônibus. Segundo o Governo do Estado, a publicação da obra no Diário Oficial aconteceu no dia 18 de julho. Neste momento, a empresa está mobilizando as equipes e maquinários para iniciar efetivamente os serviços. A implantação da ciclovia deve custar aproximadamente R$ 1 milhão. A previsão é de concluir a obra até dezembro deste ano. (CBN Curitiba) Fotos de Edilson Tadeu Giordano

Lagoa da Conceição: terror no paraíso

A população da Lagoa da Conceição está aterrorizada com as possíveis consequências da ação civil pública cuja sentença impôs à municipalidade o dever de ultimar medidas, inclusive demolir construções no entorno da orla, numa faixa de 30 metros a contar do espelho d’água.