Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Navegando pela Categoria

Guaratuba

Guaratuba intensifica vacinação contra febre amarela na área rural

Até fevereiro de 2018, o litoral do Paraná era visto pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIM) como área sem recomendação de vacina. Até o momento não há casos registrados de febre amarela no Litoral do Paraná, no entanto, em março a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), solicitou a intensificação da vacinação contra a febre amarela em municípios que fazem divisa com o estado de São Paulo, na região do Vale do Ribeira, e nas cidades do Litoral do Paraná.

Portaria do Ibama reforça proibição de uso do rio São João

O superintendente do Ibama no Paraná, Julio Gonchorosky, emitiu, nesta quarta-feira (11), uma portaria que proíbe o uso do rio São João. A decisão ocorre cinco dias depois do vazamento no rio do produto altamente tóxico osmose33 – usado no tratamento de madeira bruta – e de óleo diesel por causa de um acidente na BR-376, em Guaratuba, na sexta-feira (6). Autoridades divergem sobre as quantidades que foram derramadas – a portaria do Ibama cita que foram 30 mil litros de diesel e 7 mil do produto tóxico. Apesar da demora, a proibição do órgão ambiental federal deve reforçar o trabalho das prefeituras de Guaratuba e Garuva (SC) para evitar que populações vizinhas e turistas continuem a utilizar o rio. A Portaria nº 1002 proíbe “o uso recreativo, esportivo, pesqueiro, o bombeamento para irrigação ou outros fins no rio São João, no município de Guaratuba, até sua desembocadura na Baía de Guaratuba, por tempo indeterminado”. O texto também explica que não há “informações precisas até o momento sobre a extensão da contaminação do rio” e diz que “a revogação da proibição estará condicionada aos resultados de amostras de qualidade de água, a serem realizadas pelo órgão estadual de meio ambiente – Instituto Ambiental do Paraná”. A limpeza e monitoramento do rio estão sendo feitos por equipes das prefeituras, de órgãos ambientais e de defesa civil dos dois estados, e por três empresas contratadas pela concessionária da rodovia e pelos proprietários dos caminhões que tiveram os produtos derramados.

Opinião: Educação Política no Brasil e em Guaratuba

Veranice Fátima Massoni* Sou Educadora e Economista. Como economista, me é extremamente difícil assistir resultados ruins, sem falar ou fazer nada. O conhecimento acadêmico nos fornece um campo extra de visão para além da mecânica econômica diária.