Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná
Navegando pela Categoria

Território

Portaria do Ibama reforça proibição de uso do rio São João

O superintendente do Ibama no Paraná, Julio Gonchorosky, emitiu, nesta quarta-feira (11), uma portaria que proíbe o uso do rio São João. A decisão ocorre cinco dias depois do vazamento no rio do produto altamente tóxico osmose33 – usado no tratamento de madeira bruta – e de óleo diesel por causa de um acidente na BR-376, em Guaratuba, na sexta-feira (6). Autoridades divergem sobre as quantidades que foram derramadas – a portaria do Ibama cita que foram 30 mil litros de diesel e 7 mil do produto tóxico. Apesar da demora, a proibição do órgão ambiental federal deve reforçar o trabalho das prefeituras de Guaratuba e Garuva (SC) para evitar que populações vizinhas e turistas continuem a utilizar o rio. A Portaria nº 1002 proíbe “o uso recreativo, esportivo, pesqueiro, o bombeamento para irrigação ou outros fins no rio São João, no município de Guaratuba, até sua desembocadura na Baía de Guaratuba, por tempo indeterminado”. O texto também explica que não há “informações precisas até o momento sobre a extensão da contaminação do rio” e diz que “a revogação da proibição estará condicionada aos resultados de amostras de qualidade de água, a serem realizadas pelo órgão estadual de meio ambiente – Instituto Ambiental do Paraná”. A limpeza e monitoramento do rio estão sendo feitos por equipes das prefeituras, de órgãos ambientais e de defesa civil dos dois estados, e por três empresas contratadas pela concessionária da rodovia e pelos proprietários dos caminhões que tiveram os produtos derramados.

Nascem tartaruguinhas em caso raro no litoral do Paraná

Depois de dois meses de espera, nasceram, neste sábado (31), na praia do balneário de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná, cinco tartaruguinhas da espécie cabeçuda. Romperam as cascas dos ovos, venceram o espaço entre a área de restinga até a praia e alcançaram o mar.

Colit aprova centro para animais marinhos

O Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (Colit), aprovou na tarde desta sexta-feira (25), o processo de licenciamento do centro de pesquisa e reabilitação de animais marinhos.