Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Domingo de protestos em apoio aos caminhoneiros também no Litoral do Paraná

42 caminhões, uma dúzia de automóveis e outra de motocicletas percorreram as ruas de Guaratuba, na tarde deste domingo (27), em apoio à greve dos caminhoneiros.

Das 16h até por volta das 17h, cerca de 300 pessoas estiveram concentradas na avenida 29 de Abril, em frente ao “Posto do Celso”, que estava fechado desde a quarta-feira (23) por falta de combustíveis. O percurso de diversos quilômetros pelos bairros e as “aceleradas” mostravam que este grupo ainda tinha tanques cheios.

O protesto barulhento ao som de buzinas de caminhões teve palavras de ordem contra o governo e a repressão anunciada com uso das forças armadas. Mesmo assim, havia faixas pedindo “intervenção militar”, camisetas da seleção de futebol e exaltações de patriotismo. Pelo menos uma faixa estampava um “Fora Temer”. Não faltaram selfies em cima da carroceria do caminhão parado – a Polícia Militar não permitiu que as pessoas permanecessem ali durante a carreata.

Além do apoio da Polícia Militar, a Secretaria Municipal de Segurança Pública acompanhou o protesto e antes bloqueou ruas para a manifestação acontecer.

Pela manhã, em um protesto na baía de Guaratuba, pescadores mostraram seu apoio e também que tinham reservas de combustíveis às vésperas da abertura da pesca do camarão sete-barbas, que acontece na sexta-feira (1º de junho).

Diversos barcos saíram do trapiche do Posto Náutico, no bairro Piçarras, e fizeram a meia volta ao chegaram na barra da baía. Antes de retornarem, deram uma parada no cais do ferryboat, causando um pequeno susto em quem queria fazer a travessia, enquanto alto falantes tocavam o hino nacional e uma paródia de música “femineja” de apoio aos caminhoneiros.

Em Garuva (SC), agricultores levaram tratores para ajudar a bloquear o trevo da BR-101, principal acesso à cidade, a Guaratuba e Itapoá (SC). Houve manifestações em Matinhos e um bloqueio na PR-508 (Alexandra-Matinhos). Em Paranaguá, caminhoneiros continuavam o protesto na BR-277.

Este foi o domingo no Litoral e na região próxima, no sétimo dia da greve nacional antes do acordo anunciado à noite pelo governo, que tinha a expectativa de acabar com o movimento.

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!