Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Carnailha promete folia tranquila e renda para moradores da Ilha do Mel

O carnaval na Ilha do Mel, o CarnaIlha 2019, promete reunir animação e segurança, sem tirar a tranquilidade de quem escolhe descansar em meio à natureza.

A iniciativa neste ano une o Grupo Bossa e a Associação de Nativos da Ilha do Mel (Animpo), com apoio da Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento, Lazer e Similares (Feturismo) e a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Sindiabrabar). “Estamos a favor deste evento que vai trazer dividendos positivos e uma nova imagem para este grande espaço de eventos, que é o litoral”, disse Fábio Aguayo, que integra a diretoria das entidades.

O CarnaIlha 2019 é resultado de planejamento e integração com a comunidade local com atenção especial ao meio ambiente e comprometimento social. Segundo os organizadores, a Ilha do Mel vai receber um evento produzido por um grupo profissional e capacitado.

O CarnaIlha tem autorização e todos os alvarás e licenças de órgãos, inclusive do Ministério Público. O local do evento, a sede da Animpo, está recebendo reformas como a substituição de telhas, da rede elétrica, reconstrução das cercas e reforma dos banheiros. Melhorias que serão legadas para a comunidade.

Organização
Parte da renda do evento ficará na Ilha do Mel e será destinada à Animpo, coprodutora do evento. O local do evento será limitado e coordenado pela equipe de seguranças e apoiadores do Grupo Bossa, garantindo ordem no entorno e a limitação do público em uma região determinada.

O CarnaIlha foi previamente apresentado à comunidade que, além de aprovar, passou a apoiar e auxiliar na realização. Donos de pousadas e comerciantes já relataram o aumento pela procura por reservas de quartos após o início da divulgação do CarnaIlha.

Emprego e renda
Os moradores do entorno serão contratados para trabalhar no evento. Não serão utilizados copos descartáveis e os canudos serão de papel biodegradável. “Sempre fizemos eventos na Ilha do nosso jeito. E uma receita importante para a comunidade e para associação”, disse o secretário da Animpo, Felipe Andres Gonçalves

“Se algo no passado saiu errado, com problemas ou desordem é porque não temos experiência com isso”, ressaltou. “O turista hoje vem para a Ilha e não tem onde curtir a noite, principalmente nesses feriados grandes como é o caso do Carnaval e o Ano Novo”, afirma João Marcos, que é proprietário de pousada.

“É um evento importante, para aumentar o fluxo turistas na Ilha do Mel. Vai movimentar os barcos, pescadores e comerciantes, a Ilha inteira”, afirma João Marcos. Que completa: “Os comerciantes e moradores da nossa comunidade apoiam o evento que está sendo feito com responsabilidade e respeito a legislação”.

Reconhecimento
De acordo com Fábio Aguayo, vice-presidente de Relações Governamentais e Institucionais da Feturismo e presidente do Abrabar, é preciso reconhecer e valorizar as entidades que lutam pelo turismo do Paraná, especialmente pelo litoral e que tragam mais turistas e infraestrutura as comunidades, que estão desamparadas pelo poder público.

“Nós, como iniciativa privada, através das entidades representativas, temos que dar este apoio, principalmente aos estabelecimentos do nosso setor, que tem valorizado o litoral levando eventos, atrações e desenvolvimento”, ressaltou.

A iniciativa do Grupo Bossa, acreditando num evento que vai beneficiar a comunidade, também precisa ser destacada, afirma. “Nós, que estamos lutando pela Faixa de Infraestrutura, que leva ao litoral desenvolvimento, temos que apoiar estes eventos que trazem, acima de tudo, dignidade à comunidade litorânea. É o que precisa a Ilha do Mel e todos os municípios do litoral”, concluiu Aguayo.

Leia também
Comentários
Carregando...