Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Aluna de escola rural de Guaratuba é classificada no Prêmio MPT

“Exploração infantil, nunca mais!” é o título da poesia da aluna Thainara Teixeira do Vale, da Escola Municipal do Campo Joaquim Gabriel de Miranda, da localidade do Cubatão, que está entre as três finalistas da etapa estadual do prêmio MPT na Escola, promovido pelo Ministério Público do Trabalho. Matéria atualizada com a informação que a aluna de Guaratuba foi classificada e não venceu a etapa estadual, conforme havia sido divulgado anteriormente.

Além da poesia da estudante de 10 anos, do 4º ano A, a escola do Cubatão também estava concorrendo com o curta-metragem “O Lado Oculto da Infância”, do 5º ano A; com dois contos das alunas Alessandra Spézia Devegili, do 4º ano A e Roberta Cristina Bonette, do 5º ano A, e também com a poesia de Vitor Bruno Leite, do 5º ano A.

Em 2018, a escola do Cubatão venceu a etapa estadual e obteve o 2º lugar nacional na categoria peça teatral. Na ocasião, os alunos participantes ganharam tablets como premiação.

Neste ano, alunos do 4º e 5º anos de escolas municipais participaram do prêmio, inscrevendo trabalhos em cinco categorias: conto, poesia, música, desenho e curta-metragem. Os trabalhos abordaram o tema trabalho infantil, destacando um ou mais de seus aspectos (causas, consequências, políticas públicas e ações de prevenção). A produção e a apresentação dos trabalhos foram realizadas pelos alunos e a participação dos educadores se limitou às atividades de apoio, orientação e acompanhamento.

Os trabalhos que obtiverem 1º lugar na etapa estadual serão inscritos na etapa nacional do prêmio. A cerimônia de premiação será realizada no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), no dia 8 de outubro.

Números – Em 2019, o projeto MPT na Escola contou com a participação de 91.701 alunos de 746 escolas de 53 municípios do Paraná. Deste total, 79.014 alunos de 716 escolas participaram do prêmio, que envolveu 3199 educadores.

O valor total do prêmio é R$ 150 mil, sendo: R$ 15 mil para o melhor trabalho de cada categoria; R$ 10 mil para o 2º; e R$ 5 mil para o 3º. O dinheiro deve ser, necessariamente, investido na revitalização da escola, conforme estabelecido no edital. A divulgação da classificação dos trabalhos selecionados (1º, 2º e 3º lugares) será feita apenas no dia da realização do evento de premiação.

Exploração infantil, nunca mais!
Andando de rua em rua
Vejo algo diferente
Uma criança no sinaleiro
Entre os carros lá na frente!

A janela se abre
Baixinho ela murmura.
-Quer comprar umas balas?
Um pacote ela segura

Aos poucos, o sinaleiro fecha
Em silêncio se afasta
O que será dessa criança?
Que tipo de vida passa…

Não tem expectativa
Mas tem esperança
Que um dia isso mude
Ela volte a ser criança.

Sua infância vai passando
Ela tem que trabalhar
Seus pais necessitam
Precisa ajudar.

Com esse pensamento
A criança vai seguindo
Batendo de carro em carro
A ajuda vai pedindo.

É triste a realidade
Mas acontece no Brasil
Por isso temos que acabar
Com a exploração infantil.

O futuro do Brasil
Está nas mãos de uma criança
Garantindo os seus direitos
Dando a ela a esperança.

Números – Em 2019, o projeto MPT na Escola contou com a participação de 91.701 alunos de 746 escolas de 53 municípios do Paraná. Deste total, 79.014 alunos de 716 escolas participaram do prêmio, que envolveu 3199 educadores.

O valor total do prêmio é R$ 150 mil, sendo: R$ 15 mil para o melhor trabalho de cada categoria; R$ 10 mil para o 2º; e R$ 5 mil para o 3º. O dinheiro deve ser, necessariamente, investido na revitalização da escola, conforme estabelecido no edital. A divulgação da classificação dos trabalhos selecionados (1º, 2º e 3º lugares) será feita apenas no dia da realização do evento de premiação.

Thainara e sua mãe, Naiara do Vale

 

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...