Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Procissão de barcos cruza cenário paradisíaco da Barra do Saí

Texto e fotos: Gustavo Aquino

Com muitos pescadores “fora”, ou seja, na pesca do camarão do mar aberto, a procissão marítima de Nossa Senhora de Navegantes reuniu apenas nove pequenos barcos e o cãozinho Alemão, que seguiram a imagem da santa no sinuoso rio Saí-Guaçu, na Barra do Saí, dia 7 de setembro, em Guaratuba.

A procissão acontece há apenas quatro anos e ainda não é muito conhecida, apesar de percorrer um dos cenários mais bonitos do litoral do Paraná entre o rio, o mar e os mangues, na divisa com Santa Catarina. Faz parte da Festa de N. S. dos Navegantes, que acontece há 33 anos e dura 10 dias com novenas e atividades em torno da pequena igreja que leva o mesmo nome. Neste ano começou na sexta-feira, 30 de agosto e terminou no domingo, 8.

No dia da procissão, o ministro de eucaristia Sérgio Justichechen seguiu ao lado da imagem no barco maior enquanto a coordenadora da igreja, Tatiane do Rosário, a Tati, coordenava os fiéis. Aproximadamente 30 pessoas seguiram desde o pequeno porto nos nove barcos por seis quilômetros de curvas até onde fica uma gruta para fazer as orações e abençoar a todos os presentes, seus familiares e a toda comunidade, formada na maioria por pescadores. Seis quilômetros de ida e seis quilômetros de volta percorridos velozmente pelo cachorro Alemão.

O cãozinho nadou, correu entre a vegetação, arrastou-se no mangue, engatinhou, mas chegou junto com o grupo ao destino. Meio que descansou durante a reza e ameaçou entrar no barco do “dono”, o pescador José Paulo da Silva, que não estava presente, e era conduzido por um irmão deste. Mas não quis a carona e voltou da mesma forma: nadou, engatinhou, arrastou-se e correu muito. No meio do caminho resolveu atravessar para Santa Catarina para espantar biguás, garças e outras aves que descansavam na praia. Brincou um pouco e seguiu a viagem, a tempo de chegar junto com todos para a missa de encerramento da procissão, com padre Pedro Hélio de Oliveira.

A festa seguiu no sábado com novena e baile festivo. No domingo teve futebol e missa festiva pela manhã, almoço festivo com churrasco, concurso de Cinderela e show de prêmios no final da tarde.

Publicado também no Jornal de Guaratuba

Leia também
Receba nossa notícias em seu e-mail.
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...
error: Content is protected !!