Correio do Litoral
Notícias do Litoral do Paraná

Corpo de Bombeiros prepara surfistas para resgates no mar

Mais de 40 surfistas participaram do curso Surf Salva, promovido pelo 8° Grupamento do Corpo de Bombeiros (8°GB), nesta semana, em Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba, entre quarta (12) e sexta (14).

“O projeto, que teve início nas praias do Paraná há 15 anos, tem o objetivo de preparar os chamados ‘donos do mar’ para atuarem em apoio aos bombeiros guarda-vidas nos resgates de vítimas de afogamentos.”, informa o Corpo de Bombeiros. A capacitação já formou dezenas de surfistas de todo o estado ao longo das temporadas de verão.

De acordo com o bombeiro militar que atuou na formação dos surfistas, tenente Adonis Bacuri Pereira da Silva, todos os inscritos passam por uma prova de natação, ambientação no mar e flutuação, e, só então, podem participar do curso. “Nós ensinamos várias técnicas de salvamento aquático: o reboque dentro da água e também a ressuscitação cardiopulmonar, para que eles possam dar todo o apoio, que estiver ao alcance deles, aos guarda-vidas”, relatou.

Capacitações como o Surf Salva beneficiam tanto os bombeiros quanto os surfistas, mas para um dos aplicadores do curso nesta temporada, o tenente Jorge Henrique Freire, quem realmente sai ganhando são os banhistas. “A população fica cada vez mais protegida, já que em alguns casos de afogamento são os surfistas que estão na água que fazem o primeiro contato de resgate com a vítima, por isso é de extrema necessidade que eles tenham todo esse conhecimento”, disse o tenente, que ainda alertou a importância dos veranistas só entrarem no mar em locais e horários protegidos pelos guarda-vidas.

A surfista da cidade de Matinhos, Larissa Sadoski, desliza sobre as ondas há mais de 20 anos e já ajudou os guarda-vidas em resgates no mar. Para ela, o curso faz com que sinta-se mais segura e preparada para agir na água. “A gente aprendeu várias coisas que faz com que nós, surfistas, nos sinta mais úteis no mar. Essa iniciativa do Corpo de Bombeiros de proporcionar esse Surf Salva é maravilhosa! Ela contribui muito para a segurança de todos na praia”, declarou.

Quem também recebeu a formação foi o surfista Marlon Oswald, que veio de São José dos Pinhais. “Constantemente a gente está em situação de risco no mar, e saber como lidar em um caso de afogamento, por exemplo, é essencial, principalmente para nós que estamos aqui durante o ano todo, mesmo com menos banhistas, pois sabemos que acidentes ainda podem acontecer”, contou Marlos, que desceu a serra apenas para participar do Surf Salva 2019/2020.

Texto e fotos: Comunicação Verão

Leia também
Comentários
Carregando...